ALÉM DE PRESO, JUSTIÇA DO AMAZONAS ORDENA QUE PREFEITO DE IRANDUBA SEJA AFASTADO DO CARGO

População comemora prisão do prefeito. Winnetou Almeida

Aconteceu de fato um real combate à corrupção que estava corroendo as estruturas do município de Iranduba no Amazonas. O Ministério Público agiu com celeridade e por fim tomou providências para estancar a sangria de dinheiro público que vinha acontecendo no local. O prefeito da cidade de Iranduba, Xinaik Silva Medeiros, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (10), em Manaus, por suspeita de integrar um esquema de desvio de dinheiro e fraudes em licitações na Prefeitura do município. O desvio ultrapassa R$ 56 milhões em recursos municipais e estaduais. A prisão ocorreu durante a operação "Cauxi", deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas. Ele deve ser encaminhado ao Comando de Policiamento Especializado (CPE).


A Justiça do Amazonas mandou afastar o prefeito de Iranduba, Xinaik Medeiros (PTB), que foi preso na manhã desta terça-feira (10). A desembargadora Carla Maria Santos dos Reis, do Tribunal de Justiça, determinou o afastamento de Xinaik. Ela é a relatora do processo judicial sobre as denúncias de corrupção contra o prefeito, secretários e empresários e foi quem deu autorização para cumprimento dos 20 mandados judiciais na Operação Cauxi e bloqueou os bens dos acusados.

A população de Iranduba festejou a prisão do prefeito da cidade, Xinaik Medeiros, e as prisões de outros membros de um esquema de corrupção na prefeitura descoberto durante a Operação Cauxi, deflagrada pelo MPE, Polícia Civil e CGU. Populares começaram a se organizar para fazer uma grande carreata pelas ruas da cidade.

Com informações do Portal G1 e do Site A Critica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ANTES DE ROUBAR COMÉRCIO FORAM PRESOS EM COARI

ELE APONTAVA ARMA NA CABEÇA DE CRIANÇAS PARA CONSEGUIR O QUE QUERIA NOS ASSALTOS QUE FAZIA

DE COARI, EM MANAUS ELE MATOU OS PATRÕES À MACHADADAS