Header Ads

ALÉM DE PRESO, JUSTIÇA DO AMAZONAS ORDENA QUE PREFEITO DE IRANDUBA SEJA AFASTADO DO CARGO

População comemora prisão do prefeito. Winnetou Almeida

Aconteceu de fato um real combate à corrupção que estava corroendo as estruturas do município de Iranduba no Amazonas. O Ministério Público agiu com celeridade e por fim tomou providências para estancar a sangria de dinheiro público que vinha acontecendo no local. O prefeito da cidade de Iranduba, Xinaik Silva Medeiros, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (10), em Manaus, por suspeita de integrar um esquema de desvio de dinheiro e fraudes em licitações na Prefeitura do município. O desvio ultrapassa R$ 56 milhões em recursos municipais e estaduais. A prisão ocorreu durante a operação "Cauxi", deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas. Ele deve ser encaminhado ao Comando de Policiamento Especializado (CPE).


A Justiça do Amazonas mandou afastar o prefeito de Iranduba, Xinaik Medeiros (PTB), que foi preso na manhã desta terça-feira (10). A desembargadora Carla Maria Santos dos Reis, do Tribunal de Justiça, determinou o afastamento de Xinaik. Ela é a relatora do processo judicial sobre as denúncias de corrupção contra o prefeito, secretários e empresários e foi quem deu autorização para cumprimento dos 20 mandados judiciais na Operação Cauxi e bloqueou os bens dos acusados.

A população de Iranduba festejou a prisão do prefeito da cidade, Xinaik Medeiros, e as prisões de outros membros de um esquema de corrupção na prefeitura descoberto durante a Operação Cauxi, deflagrada pelo MPE, Polícia Civil e CGU. Populares começaram a se organizar para fazer uma grande carreata pelas ruas da cidade.

Com informações do Portal G1 e do Site A Critica.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.