Header Ads

Sepror lança Plano Safra e realiza Dia de Campo em Humaitá


O titular da Secretaria de Estado da Produção Rural e Sustentabilidade (Sepror), Sidney Leite, lançou, no último sábado (3), o Plano Safra para o município de Humaitá (distante a 696 quilômetros de Manaus). A meta do Sistema Sepror é trabalhar 500 hectares de área mecanizada, com investimento previsto de R$ 20 milhões, em crédito e subvenção, e ainda para o pró-calcário. 

O investimento integra o pacote do Plano Safra 2015-2016, lançado em agosto pelo Governo do Estado do Amazonas. Acompanhado do presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Floresta do Amazonas (Idam), Edimar Vizolli, do corpo técnico da Sepror e do prefeito de Humaitá, Dedei Lobo, Leite explicou aos agricultores, piscicultores e pecuaristas as ações do Plano Safra, que já estão em execução em municípios como Manicoré, Barcelos e Maués.

"O Plano Safra tem todas as condições de avançar em sua plenitude. Nós temos muito campos naturais e em Humaitá temos uma realidade diferenciada por estar muito próximo ao estado de Rondônia e pelo rio Madeira que facilita essa escoação. O Governo, por meio da Sepror e Banco do Povo, está implementando as atividades do Plano Safra garantindo a mecanização no que diz respeito à mandioca, a fruticultura, arroz, feijão e milho, mas também para a pecuária".

Segundo o secretário, em Humaitá já existem áreas mecanizadas devido à característica do perfil da região, o que vai exigir uma necessidade maior para a correção do solo. Leite ressaltou ainda que há uma preparação para financiamento de tratores e caminhões, para que os produtores que já conseguiram avançar, possam fazer a correção do solo e mecanizar área para avançar na pecuária e fruticultura.

"Aqui estamos lutando para que tenha ou uma superintendência ou um escritório avançado do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), para atender todo o Sul do Amazonas. E ainda, o Governo do Estado, em breve, estará lançando o estudo de zoneamento econômico-ecológico para a região do Madeira. Essa é uma região estratégica e tanto a piscicultura, fruticultura e pecuária vão avançar muito", finalizou.

Dia de campo

Nos dias 2 e 3 de outubro, o Sistema Sepror realizou o "Dia de Campo – Cultura do Açaí", no município de Humaitá. Entre as atividades, palestras e metodologias dinâmicas de todo o processo do açaí, desde a plantação da muda, adubação, colheita até o mercado de comercialização.

Participaram mais de 200 pessoas entre agricultores do município e ainda do Rio Preto da Eva, Lábrea e Manicoré, além de alunos do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Além de técnicos da Sepror, o Dia de Campo conta com a parceria de técnicos do Idam e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). 




Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.