Juiz determina o imediato afastamento do prefeito de Codajás

ATÉ O MOMENTO O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE CODAJÁS NÃO CUMPRIU DECISÃO JUDICIAL 


O município amazonense de Codajás passará por mais uma mudança de prefeito. No último dia 29, o juiz eleitoral Mateus Guedes Rios determinou que o presidente da Câmara de vereadores efetivasse o imediato afastamento do prefeito e do vice prefeito das funções que exercem à frente do município. Como o afastamento é resultado de uma Ação de Investigação Eleitoral e de acordo com documentos em anexo encaminhado à Câmara,  quem deve assumir o  município é o segundo colocado nas eleições de 2012 Joel Oliveira.


Ocorre que mesmo tendo sido comunicado pelo juiz eleitoral,  até o fechamento deste post,  o presidente da Câmara Municipal de Codajás ainda não havia cumprido a determinação judicial, o que pode resultar em crime de desobediência civil.  Segundo informações levantadas pelo Blog Em Destaque,  o asfaltamento de Abraham Lincoln que é o atual prefeito  e de seu vice e a posse do novo prefeito Joel Oliveira pode ser feita a qualquer momento em uma sessão solene da Câmara.  A responsabilidade do vereador Carlos Alberto é muito grande em mostrar que está pronto a obedecer a lei acima das questões políticas locais.  Se ele vai fazer?  É  a questão.... Mas que deve fazer deve,  para não incorrer em uma postura que vai deixar a Câmara de Codajás em confronto direto com o Poder Judiciário. 

Comentários