Header Ads

ÁGUA NA FERVURA DA POLÍTICA COARIENSE

As articulações políticas em Coari que estavam a todo vapor, no final do mês de setembro e no início do mês de outubro deram uma esfriada. E o motivo para tal foi a sanção da lei 13.165/15 pela presidente Dilma, lei esta que mudou o prazo de filiação para concorrer as eleições. O prazo que era de 01 anos antes para o eleitor que pretendia concorrer a cargo eletivo, à partir da sanção da lei passou a ser de 06 meses. 

Com isso, muitas alianças dadas como certas 01 anos antes das eleições, podem findar mudando, dependendo do "humor" dos presidentes de partidos, principalmente as direções regionais que se articulam para comandar as legendas nos municípios.
Por mais que em cada município haja uma diretoria, ou provisória ou permanente, o fato é que as direções regionais é que mandam nos destinos políticos dos partidos e consequentemente são os principais articuladores das alianças com os candidatos ou pretensos candidatos à prefeito.Qualquer candidato à prefeito, por mais que precise do voto direto do eleitor, sabe que precisa de legendas que vão abrigar os candidatos à vereadores, e é inegável que os candidatos à vereadores são os principais cabos eleitorais dos candidatos à prefeito. Quanto mais candidatos à vereador "do lado" de um candidato á prefeito, maior probabilidade de votos casados.

Essa articulação que estava em andamento, esfria com a as mudanças de prazo. Na verdade, com os prazos esticados, as articulações recomeçam novamente, só que em um ritmo menos acelerado. Uma verdadeira água na fervura da política coariense, que começava a esquentar, com uma clara demostração da polarização que há na cidade.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.