6 de julho de 2015

SEGURANÇA PÚBLICA NO DEBATE DAS INSTITUIÇÕES DE COARI

Os mais recentes incidentes envolvendo tentativa de homicídio e homicídio com arma de fogo em Coari, despertou a reação das autoridades constituídas do município.  Na última sexta-feira (03), o prefeito Raimundo Magalhães convocou uma importante reunião de trabalho, com o foco principal na segurança pública.  Com a presença do promotor de justiça, Dr. Felipe Fish, do comandante de operações ostensivas da Polícia Militar Tenente Harold, do Delegado da Polícia Civil Danilo Bacarin, da Juíza da Comarca de Coari Dra. Dinah Câmara, além de outras autoridades que se fizeram presentes para planejar formas diminuir os índices de violência no município de Coari. As instituições que se fizeram representar na reunião realizada na Prefeitura de Coari,  atuarão de forma conjunta para alcançar resultados rápidos e objetivos.

Partindo do princípio que é inaceitável e intolerável o crescimento de homicídios e tentativas de homicídio, em virtude de Coari ainda ser uma cidade pacata e cujo os moradores não serem adeptos à violência,  a reunião foi pautada para debater com seriedade e profundidade este assunto. O sentimento do prefeito municipal é que o poder público e as instituições democráticas não podem ser omissas diante da situação e que todos devem se unir e buscar ajuda inclusive junto ao governo do Estado do Amazonas para que a solução seja a mais breve possível, devolvendo a sensação de segurança para a comunidade coariense. 


Para a juíza Dinah Câmara, é importante para as autoridades constituídas do município se preocuparem com a segurança pública "mas além da preocupação é importante que as autoridades hajam com rapidez e eficiência"  -  informou a juíza. O promotor de justiça se comprometeu em contactar o Secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas sobre a sensação de insegurança no município de Coari e lembrou que se caso as solicitações do MP não sejam atendidas, a promotoria pode entrar com ações civis públicas para que o Estado cumpra o seu papel.

Para o representante da polícia,  a reunião convocada pelo prefeito para a elaboração de uma ação conjunta é fundamental para buscar soluções no enfrentamento a violência: "A preocupação do prefeito e seu pedido junto ao governador será decisivo para que haja um maior efetivo da PM no município" - informou o comandante de operações ostensivas da Polícia Militar Tenente Harold -  "assim vamos poder oferecer a população uma maior sensação de segurança que todos nós desejamos".

O prefeito informou na reunião que já agendou uma reunião com o governador José Melo para tratar sobre o assunto: "Desde o início do nosso mandato a segurança pública é tratada como prioridade,  um exemplo disso foi quando em parceria com o governo do Estado trouxemos diversas viaturas novas para o município - informou Raimundo Magalhães -"agora vamos junto ao governador solicitar o aumento do número de policiais para que possamos dar uma resposta positiva mediante o quadro de insegurança pública e o nosso povo possa, novamente andar nas ruas sem medo" - concluiu. O prefeito viajou a capital amazonense nesta segunda-feira (06), onde vai cumprir esta agenda da segurança pública, além de outros assuntos de interesse do município.



4 comentários:

  1. Bom Dia Sr. Daniel, agradecemos as autoridades pela preocupação com o povo coariense. mas não adianta ficar apenas em palavras, vamos agir. O perigo está solto na entrada do bairro ciganopólis. AJUDE-NOS.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da matéria, Sr. Daniel, seria possível o senhor fazer uma matéria no bairro Ciganopólis? A matéria seria a respeito dos bares que estão localizados na entrada do bairro, os bares são: Arriégua, Casa da Mãe, Bar e Cachaçaria Zona Leste, Las Veggas e outros... os donos desses bares não tem respeito pela população. Sabemos que o senhor é formado em Ciências Políticas e ainda, é muito inteligente. Esses bares perturbam muito os moradores do bairro local, eles funcionam como boate a céu aberto, aceitam entrada de menores, muita poluição sonora e perturbam muito o o sossego da gente que precisa de um merecido descanso durante a noite. Tá havendo muito tiroteio, venda de drogras. E ainda, jogam garrafas de vidros nas pessoas que passam na rua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verídico, esse final de semana que passou passei lá no sábado e domingo, pois tenho parente que mora lá no bairro, e o caso é assustador. os bares são praticamente abertos e colocam mesas nas calçadas dos vizinhos, é uma vergonha. Cadê o Secretário de Meio Ambiente? Cadê o DETRAC? quem liberou alvará para esse pessoal?

      Excluir
  3. Estamos precisando também de mais segurança no bairro Duque de Caxias. A demanda de policiais em Coari está média. Mas muitos desses ainda fazem de conta que não veem o que está acontecendo.

    ResponderExcluir

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.