Header Ads

Procon-AM faz reunião com operadora Vivo para cobrar cumprimento de decisão judicial



O Programa Estadual de Proteção ao Consumidor do Amazonas (Procon-AM) cobrou, nesta quarta-feira, 8 de abril, da operadora de telefonia móvel celular Vivo S.A., o cumprimento de decisão judicial sobre a proibição da comercialização de novas linhas e serviço de portabilidade nas áreas do Amazonas que possuem o código 092, além da melhoria do serviço prestado.

A cobrança foi feita durante reunião técnica da diretora do Procon-AM, Rosely Fernandes, com representantes da empresa na sede do órgão, na avenida André Araújo, bairro Aleixo, zona sul de Manaus. A decisão foi tomada pela 1ª Vara da Comarca de Maués e foi assinada no último dia 23 de março.

A operadora Vivo tem prazo de 60 dias para apresentar um plano de expansão da rede junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A multa em caso de descumprimento é de R$ 50 mil por dia.

Segundo a diretora do Procon-AM, Rosely Fernandes, cabe ao órgão fazer a fiscalização da decisão. Além disso, seguindo as diretrizes de defesa dos direitos do consumidor, o Procon-AM também discutiu com a empresa Vivo a criação de um canal de comunicação mais eficiente entre a operadora e os consumidores que formalizam reclamações.

"Nós aproveitamos ainda o encontro para verificar a questão do município de Envira, onde os moradores reclamam que não conseguem sinal da operadora. A intenção é que a empresa se comprometa em melhorar o serviço no Amazonas, principalmente no interior, onde os problemas de conexão são maiores", afirmou Rosely Fernandes.

Reclamações – Segundo registros do Procon-AM, a operadora Vivo está em primeiro lugar no ranking de reclamações em relação a má prestação de serviço entre todos os segmentos.

"Hoje em dia, não adianta mais só vender. As empresas também precisam solucionar o problema dos consumidores. Portanto, solicitamos que a operadora se amolde nesse novo conceito e que encaminhe relatórios sobre a venda de novos aparelhos", disse a diretora.

CRÉDITO DAS FOTOS: ROBERTO CARLOS/SECOM




Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.