D24AM: Oposição desiste de contestar posse de novo prefeito de Coari



Manaus - O vereador e ex-prefeito em exercício de Coari Iranilson Medeiros (DEM), que é presidente da Câmara Municipal, não ingressará com recursos no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) pedindo a anulação da posse do prefeito Raimundo Magalhães (PRB), empossado no cargo no último dia 16. A informação foi confirmada pelo ex-secretário de Comunicação de Coari, Franklin Thompson.

“Como a medida cautelar já foi negada pela juíza de Coari, nossa consultoria jurídica decidiu que não temos mais interesse na demanda”, disse Thompson.

Na noite de sábado, a juíza plantonista na comarca de Coari Dinah Câmara de Souza negou uma medida cautelar ingressada pelo vereador.


Nomeações

Nesta segunda-feira (20), o prefeito de Coari publicou, no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas, as nomeações de 12 novos secretários e subsecretários municipais.

Na relação publicada nesta segunda-feira, consta a nomeação da mulher de Magalhães, Eliete Melo Cameli, que atuará como secretária Municipal de Desenvolvimento Social.

Em nota à imprensa, o secretário Municipal de Comunicação de Coari, José Alberto Rocha dos Santos, afirmou que a primeira-dama não será remunerada financeiramente pelo trabalho à frente da secretaria. Na nota, é citado, ainda, que a mulher de Magalhães atua há dez anos em trabalhos sociais “nas áreas periféricas da cidade como na zona rural, principalmente, como ministra Extraordinária da Eucaristia da Igreja Católica, no atendimento a pessoas idosas”, cita.

Além da primeira-dama de Coari, também foram publicadas as nomeações de Casemiro Pereira de Britto, na Secretaria Municpal de Agroeconomia, Rômulo Barbosa Mattos, como secretário de Administração, Alvimar da Costa Monteiro, no Meio Ambiente, Alzaias Alves Martins, na Educação, Jani Kenta Iwata, na Saúde, Archipo Wilson Cavalcante, na Cultura e Turismo e Monalisa Cordovil na Casa Civil. Como secretários-adjuntos foram nomeados Udinilson Oliveira na Comunicação, Racinei Najar Dias para Educação da Zona Rural, Luiz Carlos dos Santos, na Secretaria Municipal de Saúde do Interior e, por último, Francisco Erivaldo Pereira, como secretário Extraordinário de Saúde Pública.

Comentários