Número de mortos por terremoto do Nepal supera 5 mil


Segundo a última contagem oficial, divulgada pelo Centro Nacional de Operação de Emergência, o número de mortos é de 5.057 e de feridos 10.915.

Os trabalhos de resgate continuam apesar das dificuldades pelas más condições climatológicas e pelas carências do país asiático para responder a um desastre de tal magnitude, enquanto está se esgotando o tempo para encontrar sobreviventes entre os escombros.

A equipe das Nações Unidas para a Avaliação e Coordenação em Casos de Desastre (UNDAC) advertiu que há poucas possibilidades de encontrar pessoas com vida.

Arjun Katoch, membro da UNDAC, assegurou à Agênci EFE que é pouco factível que as pessoas possam aguentar vivas sob os escombros durante mais de 96 horas, prazo que terminou hoje.


O primeiro-ministro do país, Sushil Koirala, reconheceu ontem que as operações de busca, resgate e ajuda não foram efetivas, devido ao corte das comunicações e a falta de preparo das equipes, de acordo com o meio local Kantipur.

Organizações humanitárias como Cruz Vermelha, que trata de repartir pacotes de ajuda a 20 mil famílias em Katmandu, também estão encontrando bastantes dificuldades, afirmou à Efe um de seus oficiais, Rajendra Rokaha.

Milhares de pessoas seguem na rua, bem porque perderam suas casas ou por medo de novos tremores e desabamentos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ANTES DE ROUBAR COMÉRCIO FORAM PRESOS EM COARI

ELE APONTAVA ARMA NA CABEÇA DE CRIANÇAS PARA CONSEGUIR O QUE QUERIA NOS ASSALTOS QUE FAZIA

DE COARI, EM MANAUS ELE MATOU OS PATRÕES À MACHADADAS