Header Ads

Facebook revela total de usuários de WhatsApp, Instagram, vídeos e mais

Laura Martins
por 
Para o TechTudo



Facebook divulgou neste mês de abril os resultados do quarto e último trimestre de 2014 para os seus produtos. O gráfico, divulgado por Mark Zuckerberg, demonstra números positivos para suas redes e apps. Veja, a seguir, o resultado de cada serviço online e o que isso significa para a rede social.



1. Facebook: 1.4 bi de usuários
A rede social possui atualmente 1.44 bilhão de usuários em todo o mundo. Um dos principais pontos positivos para a comunidade, criada em 2004, é o aumento do número de jovens que a utilizam.
Segundo um levantamento do Pew Research Center, 71% dos jovens utilizam o Facebook, sendo a rede social mais popular entre eles. Para se ter noção da diferença para seus concorrentes, somente 33% disseram utilizar o Google+ e o Twitter. Par de redes sociais sem relação com o gigante azul.
Por outro lado, parece que o Facebook já chegou ao seu nível máximo de amadurecimento. De acordo com um estudo feito pelo Global Web Index, ele foi o que menos cresceu nos últimos dois meses. A base de membros aumentou 6% e os usuários ativos somente 2%. Como comparação, a rede que mais cresceu foi o Tumblr, com um percentual de 45% de novos usuários e 120% de usuários ativos.
2. WhatsApp: 800 milhões de usuários
O tão conhecido aplicativo para troca de mensagens pelo celular foi comprado pelo Facebook no ano passado. De lá pra cá, já são contabilizados 800 milhões de usuários. O forte crescimento acompanha o serviço praticamente desde a sua criação, há cinco anos, no ano de 2010.
Em agosto de 2014, o WhatsApp tinha um marca de 600 milhões. O número foi superado já em janeiro de 2015, quando o total era de 700 milhões. Somente quatro meses depois, vemos o número de 800 milhões. Se continuarem nesse ritmo, não será difícil ver a marca de 1 bilhão de usuários em breve. Além disso, Jan Koum, CEO do serviço, já afirmou que as pessoas enviam cerca de 30 bilhões de mensagens por dia.
3. Groups: 700 milhões de usuários
Os grupos do Facebook ganharam mais notoriedade a partir de novembro do ano passado. Isso porque a rede social criou um aplicativo somente para o gerenciamento deles. A partir do app “Facebook Groups”, é possível visualizar, comentar e criar novos grupos sem precisar achá-los no aplicativo geral.
A ação não foi a toa. Os 700 milhões de participantes são responsáveis pela publicação de aproximadamente 2,5 bilhões de publicações mensais (sejam postagens, comentários ou curtidas).
4. Messenger: 600 milhões de usuários 
Apesar de muita gente não gostar do aplicativo, seus números não decepcionaram Mark. Criado em 2011 como parte do Facebook, somente em 2014 tornou-se obrigatório o download separado.
Desde então, seus números não param de crescer. Em abril de 2014, cerca de 200 milhões pessoas usavam. O valor mais que dobrou apenas seis meses depois: 500 milhões. Hoje, são 600 milhões.
5. Instagram: 300 milhões de usuários
Há três anos atrás o Facebook decidiu adquirir o Instagram. Mark Zuckerberg não estava errado em seu faro. O app foi o que teve mais rápido crescimento entre adultos nos Estados Unidos, diz o Pew Research.
Hoje, são 300 milhões de usuários. Isso significa um salto triplo em dois anos. Em fevereiro de 2013, possuía 100 milhões. O Instagram reina, também, entre os jovens adultos, 53% utilizam a rede.
6. Mensagens: 45 bi enviadas por dia
Entre os app em que se podem enviar mensagens, são 45 bilhões de mensagens enviadas por dia. O aumento do uso de plataformas como Messenger e WhatsApp pode deixar outras tecnologias para trás.
Existem, inclusive, teorias que dizem que o e-mail pode se tornar obsoleto em não tanto tempo: cerca de 2020. A suposição pode fazer sentido para as pessoas mais novas, já que dizem por aí que jovens com menos de 20 anos sequer utilizam o "velho e obsoleto" correio eletrônico chamado e-mail.
7. Vídeos: 4 bi views por dia
O Facebook Vídeos está crescendo e pode ser uma ameaça para o YouTube. Já são quatro bilhões de visualizações por dia, um número maior que janeiro deste ano (três bilhões). Já o site de vídeos do Google atingiu os quatro bilhões em 2012, somente oito meses depois da marca de três bilhões.
O principal motivo para colocar vídeos no YouTube é a garantia de exposição do mesmo. Isso porque publicar um vídeo dá maior exposição do que qualquer tipo de publicação, como fotos ou texto.
8. Internet.org: 800 milhões beneficiados
O projeto Internet.org já possui 800 milhões de usuários em todo o mundo. Nele, o Facebook visa garantir que mais pessoas tenham acesso à Internet em lugares remotos ou de baixo nível social. Ele é oferecido, por exemplo, em Heliópolis (São Paulo).
Porém, algumas críticas estão fazendo com que o projeto possa ser prejudicado. Muitas pessoas defendem que o Internet.org vai contra a neutralidade da rede, uma vez que as pessoas só podem navegar em sites autorizados pelo Facebook. Muitas empresas, inclusive, anunciaram que deixariam o projeto. Entre elas estão: Flipkart, Cleartrip, NDTV, Newshunt e Times Group.
9. Páginas esportivas: 650 milhões conectados
Já são 650 milhões conectados a páginas esportivas. Os números estão mais relevantes e se tornam uma novidade na divulgação trimestral do Facebook que, até janeiro deste ano, não o divulgava.
10. Anunciantes: 2 milhões
Os números positivos atraem, também, novos anunciantes. Hoje, são 2 milhões de ativos em todo o mundo. O número revela aumento de 33% se comparado com julho de 2014, quando havia 1,5 milhões.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.