19 de março de 2015

Operação ‘Páscoa Feliz’ identifica produtos com irregularidades em estabelecimento comercial na zona leste da capital

A operação, que iniciou na última segunda-feira, 16, vai realizar até o dia 26 a fiscalização de 14 mil ovos de páscoa em 200 estabelecimentos comerciais na capital e na Região Metropolitana de Manaus

O Instituto de Pesos e Medidas do  Amazonas (Ipem-AM) identificou nesta quinta-feira, 19 de março, durante a operação "Páscoa Feliz", quatro amostras de ovos de chocolates caseiros com irregularidades durante o processo de análise e pesagem feita no Laboratório de Pré-Medidos do Ipem-AM, localizado no Distrito Industrial I, zona sul de Manaus.

Os produtos estavam com falta de indicação de peso, tamanho e marca nas embalagens. Com o resultado, o Ipem-AM enviou uma equipe para retirar cerca de 20 ovos de chocolates das prateleiras do estabelecimento comercial, localizado na zona leste de Manaus, responsável pela comercialização dos produtos. 

O proprietário do estabelecimento terá um prazo de dez dias para apresentar defesa junto ao Ipem-AM. A vistoria da operação "Páscoa Feliz" tem o objetivo de verificar se o peso e as medidas dos produtos estão dentro das normas estabelecidas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A operação, que iniciou na última segunda-feira, 16, vai realizar até o dia 26 de março a fiscalização de 14 mil ovos de páscoa em 200 estabelecimentos comerciais na capital e na Região Metropolitana de Manaus.

Segundo o diretor-presidente do Ipem Amazonas, Márcio Britto, o órgão intensificou a fiscalização para que nenhum tipo de fraude prejudique os consumidores. "Serão fiscalizados todos os produtos de marcas nacionais, regionais e os caseiros porque sabemos que, nesta época, várias cooperativas se reúnem para fabricar ovos de Páscoa. E temos de ter cuidado porque em anos anteriores identificamos que marcas nacionais estavam comercializando os produtos com peso menor do que o declarado nas embalagens. Temos de fiscalizar para eliminar qualquer tipo de fraude".

Durante a fiscalização, é realizada também a análise dos brinquedos que vêm como brindes nos ovos de Páscoa. Nesse item, é necessário que os acessórios tenham o selo do Inmetro como garantia que o produto foi testado e passou por todos os testes de segurança e qualidade. Em caso de irregularidades nos produtos, será lavrado um auto de infração e as multas variam de R$ 1.200 a R$ 500 mil.

Atentos – Para os consumidores, a fiscalização é importante porque leva em consideração a qualidade dos produtos. Em um supermercado localizado no bairro da Cachoeirinha, zona sul, a industriária Deyse Lopes, 37 anos, comprou os ovos de Páscoa para os filhos, mas antes teve o cuidado de observar as embalagens dos produtos.

"Isso é importante porque nós, que temos filhos, compramos aqueles ovos que vêm com brinquedos. E eu sempre fico de olho se o material corresponde com a faixa etária dos meus filhos para que não venha nada errado e comprometer a saúde deles".
   
Ouvidoria - Para denúncias, dúvidas ou sugestões, o consumidor pode entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-AM por meio do telefone 0800 092 2020, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h (manhã) e das 13h30 às 16h30

CRÉDITO DAS FOTOS: ROBERTO CARLOS/AGECOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.