5 de fevereiro de 2015

Governador José Melo homologa resultado do concurso público da Seduc e 2,5 mil aprovados já serão convocados

O governador do Amazonas, José Melo, assinou nesta quarta-feira, 4 de fevereiro, durante a solenidade de abertura do ano letivo das escolas da rede estadual de ensino, a homologação da lista dos aprovados no concurso público da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc). A previsão é publicar até segunda-feira, dia 9 de fevereiro, no Diário Oficial do Estado, as primeiras convocações, que totalizarão 2,5 mil candidatos nesta primeira chamada.


Esse é um dos maiores concursos públicos para a educação realizado no Amazonas, com 7.043 vagas para todos os 62 municípios. O resultado final, com a lista completa de todos os aprovados, está disponível para consulta nos sites da Seduc (www.seduc.am.gov.br) e da Fundação Getulio Vargas (www.fgv.com.br). Os primeiros convocados terão 30 dias para assumir os cargos, a partir da publicação do edital de convocação, que conterá ainda todas as orientações sobre documentação e locais de apresentação dos chamados.

Com o ingresso dos profissionais, a estrutura permanente de servidores da educação é fortalecida, afirmou o governador José Melo. Entre as medidas para a valorização da carreira, este ano, o Governo Estadual promoveu reajuste salarial e iniciou o pagamento do ticket alimentação, uma reivindicação de duas décadas da categoria. "Agora, cumprimos a tarefa de chamá-los para que a Seduc possa ter o seu quadro permanente reforçado, conforme manda a Constituição", pontuou.

Professores representam a maior parte das vagas oferecidas no concurso. Foram 5.495 no total, subdivididas em 4.623 para professores que optaram pelo regime de 20h semanais e mais 1.322 para professores de 40h. Foram oferecidas ainda 826 vagas para Pedagogos, 785 vagas para o cargo de Merendeiro, 85 vagas para Assistentes Técnicos, 60 vagas para Assistentes Sociais, 52 vagas para Psicólogos, 52 para Bibliotecários, 50 para Nutricionistas, 21 vagas para Engenheiros, 5 vagas para Contadores, 3 para Fonoaudiólogos e ainda 2 para Estatísticos.
"A partir da convocação, o servidor tem 30 dias para apresentar documentação e exames médicos. A partir disso será convocado imediatamente para trabalhar. Todos os municípios do interior têm pessoas sendo chamadas. Os demais aprovados serão convocados gradativamente durante o ano de 2015 e início de 2016", informou o secretário estadual de educação, Rossieli Soares.
Para os cargos de Professor e Pedagogo, o salário inicial será de R$ 1.566,90 (para o regime de 20h semanais) e de R$ 3.133,80 (para o regime de 40h). Para os demais cargos de Ensino Superior, que abrangem Assistentes Sociais, Bibliotecários, Contadores, Estatísticos, Engenheiros, Fonoaudiólogos, Nutricionistas e Psicólogo, a remuneração inicial será de R$ 2.350,38. A remuneração para Assistentes Técnicos (classificado como de Ensino Médio) será de R$ 1.234,49 e de Merendeiros de R$ 1.036,27.
Mais de 400 mil voltam às aulas - A abertura do ano letivo, que marca a volta às aulas de mais de 400 mil estudantes em todo o Amazonas, foi realizada na Escola Estadual de Tempo Integral Santa Terezinha, unidade localizada no bairro Adrianópolis, zona sul de Manaus, que alcançou o melhor desempenho da capital no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), entre as escolas do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Na ocasião, o governador voltou a posicionar a educação como a âncora da sua gestão. A prioridade inclui o aumento gradativo do orçamento para o setor até o patamar de 30%, ao longo dos próximos quatro anos. Em visita às salas de aula, Melo reviveu os tempos de professor. Conversou com estudantes das séries iniciais da educação infantil e tirou as lições de leitura de alguns deles.
Melo enfatizou que o modelo de educação em tempo integral é prioridade. Os recursos para a construção de 30 escolas no modelo estão assegurados. Este ano, 18 unidades devem ser inauguradas na capital e interior. Além de contribuir com a melhoria do desempenho, as escolas do modelo também fazem parte do planejamento do governo do programa "Todos pela Vida", voltado à prevenção a criminalidade. Bairros com alta incidência de criminalidade devem receber as próximas escolas de tempo integral que serão construídas, afirmou Melo.
Conforme estabelecido em calendário escolar, em 2015, o ano letivo da rede pública estadual de educação se estenderá do dia 4 de fevereiro a 11 de dezembro, compreendendo 200 dias letivos. O calendário será válido para 582 escolas que hoje compõe a rede pública estadual de educação, das quais 223 estão situadas em Manaus e 359 no interior do Amazonas.
Além de contar com 582 escolas e aproximadamente 400 mil estudantes regularmente matriculados em 2015, a rede pública estadual de ensino conta com 28.336 servidores públicos, dos quais 18.569 professores.
Fotos: Herick Pereira/Agecom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.