5 de fevereiro de 2015

Entenda a 9ª fase da Operação Lava Jato, que apura desvios na Petrobras

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (5) a nona fase da Operação Lava Jato, que apura desvios na Petrobras. Veja os principais pontos:
Estados
A ação ocorre em quatro estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina.
Empresas
São 26 empresas envolvidas, a maioria atuava de fachada em contratos com a Petrobras, segundo a Polícia Federal.

Investigados
A PF disse que 11 operadores do esquema de propina, próximos a Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, são alvos da operação. Segundo a PF, um desses operadores seria João Vaccari Neto, tesoureiro do PT. Ele teria solicitado doações a pessoas que mantinham contratos com a empresa. Desde que teve o nome citado, Vaccari tem negado qualquer envolvimento com o esquema do doleiro Alberto Youssef e com as irregularidades na Petrobras.
Mandados
São 62 mandados: um de prisão preventiva, três temporárias, 18 de conduções coercitivas (quando a pessoa é levada para a delegacia para prestar depoimento), e 40 de busca e apreensão.
Prisões
Duas pessoas já foram presas em Santa Catarina: um diretor e um sócio de uma das empresas investigadas. Um outro sócio envolvido está no exterior e deve chegar hoje ao Brasil. Ele ainda não é considerado foragido.
Investigações
As investigações foram baseada em informações dadas por meio de delação premiada e por testemunhas que se apresentaram voluntariamente ao Ministério Público de SC.
Apreensões
Dinheiro e documentos foram apreendidos nas empresas investigadas. A PF ainda não divulgou o balanço da operação.
VALE ESTE - Arte Lava Jato 7ª fase (Foto: Infográfico elaborado em 15 de novembro de 2014)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.