19 de janeiro de 2015

Em visita à Arena da Amazônia, vice-governador Henrique Oliveira defende Manaus como sede de futebol das Olimpíadas 2016


O vice-governador do Amazonas, Henrique Oliveira, defendeu Manaus na disputa para sediar jogos de futebol das Olimpíadas 2016, no último sábado, 17 de janeiro, durante visita à Arena da Amazônia, acompanhado do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e uma comitiva formada por membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) e de presidentes das 13 confederações sul-americanas de atletismo, lideradas pelo presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo (Consudatle), Roberto Gesta.


A visita fez parte das articulações para que Manaus seja a escolhida caso o COI e o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) decidam incluir mais sedes na disputa que ocorrerá nas Olimpíadas Rio 2016,  no Rio de Janeiro.

"Além do bom desempenho durante a Copa 2014, vamos mostrar tudo que foi proposto e que será feito para melhorar a infraestrutura e os serviços públicos na cidade, inclusive o que foi proposto durante a eleição, como a contratação de novos policiais para a melhoria da Segurança Pública. Tudo isso vai ser colocado à disposição num novo momento em 2016, que será a possibilidade de Manaus receber mais uma vez, com toda sua legitimidade e com toda sua boa vontade, pessoas que querem conhecer a Amazônia e querem participar desse momento importantíssimo do esporte internacional, que são as Olimpíadas de 2016", afirmou o vice-governador.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, ressaltou que a vinda de personalidades do esporte internacional é um prestígio à cidade como candidata. "Manaus luta agora para ter o selo de cidade olímpica, o que é fundamental. Isso significa que depois da Copa isso vai nos preparar para outros eventos e nos fará uma cidade líder entre as líderes de turismos de eventos. Portanto, vamos lutar de qualquer jeito para que Manaus vença mais este obstáculo", afirmou.

Para o presidente da Consudatle, Roberto Gesta, que foi aclamado neste sábado para mais quatro anos à frente da entidade, a Arena da Amazônia é o local adequado para receber as mais importantes competições do mundo. Ele lembrou do sucesso de Manaus durante os jogos da Copa do Mundo de Futebol da FIFA 2014, o que, segundo ele, credencia a cidade para receber jogos de futebol das Olimpíadas de 2016.

"Tivemos aqui grandes partidas como Inglaterra e Itália, Estados Unidos e Portugal, entre outros. Os maiores craques do futebol aqui se apresentaram e nós fomos elogiados pela FIFA, pela imprensa internacional, e demonstramos a competência dos amazonenses em realizar eventos de grande envergadura. Se tivemos esse sucesso absoluto durante a Copa do Mundo, esperamos que muito mais possamos ter durante os jogos olímpicos", disse.

Roberto Gesta informou ainda que já existe apoio do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, e de todas as federações  de futebol do Norte do País, alegando que Manaus é o lugar ideal para sediar os jogos. "Nós temos isso por escrito. Eu também falei com o meu grande amigo e presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, e ele me assegurou que terá todo empenho com a nossa capital", contou.

O membro do COI, Lamine Diack, que também é presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF, sigla em inglês), declarou apoio a Manaus como sede dos jogos de futebol durante as Olimpíadas 2016. "É a terceira vez que venho a Manaus, estou feliz de estar num belo campo de futebol. Espero que nosso próximo ano, nas olimpíadas do Rio de Janeiro, algumas partidas de futebol aconteçam neste belo e majestoso estádio", afirmou.

O encontro aconteceu no camarote VVIP do estádio, mas a comitiva também conheceu outras partes das instalações da Arena, como vestiários e campo. Entre os membros do grupo também estavam o ucraniano Segey Bubka, maior recordista mundial de salto com vara da história e que faz parte comitê de avaliação dos Jogos Olímpicos; Sebastian Coe, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos realizados em Londres; e Dahlan Al Hamad, presidente da associação Qatar das federações de atletismo.

O Governo do Amazonas, em conjunto com a Prefeitura de Manaus, tem se articulado para que Manaus sedie as partidas do futebol caso o COI e o COB decidam incluir mais sedes para essa modalidade. Atualmente, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Salvador estão confirmados como sedes das partidas de futebol em 2016. O presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, disse durante entrevista na semana passada, que poderá haver mais uma ou duas sedes dos jogos, o que está sendo discutido com a FIFA e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).


Créditos - HERICK PEREIRA/AGECOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.