Header Ads

Governo do Amazonas anistia multas e juros de três impostos e beneficia aproximadamente 170 mil pessoas

A partir da próxima terça-feira, 9 de dezembro, o Governo do Amazonas pretende regularizar a situação de contribuintes que possuem pendências no IPVA, ICMS e do Imposto de Transmissão de Causa Mortis (ITCMD). A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) anunciou nesta sexta-feira, dia 5, como serão as regras para o perdão dos juros da dívida de quem está em débito com o Estado.


A medida do Governo aprovada pela Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) nesta quinta-feira, 4 de dezembro, vale até o dia 31 de dezembro. De acordo com o secretário executivo da Receita da Sefaz, Jorge Jatahy, o contribuinte que quiser pagar a dívida à vista terá a anistia de 100% dos juros e multas.

"Nós pretendemos promover a regularização das pessoas físicas. No caso de pagamento à vista a dispensa é de 100%, basta o contribuinte acessar o site da Sefaz para imprimir as guias e fazer o pagamento sem precisar vir à secretaria".

As guias para o pagamento podem ser obtidas no site www.sefaz.am.gov.br. O contribuinte poderá  parcelar a dívida e ainda terá anistia de multas e juros, mas com desconto menor. Quem parcelar em seis vezes terá a anistia de 90%. Se a dívida for parcelada de 12 vezes, o contribuinte terá a dispensa de 80% nas multas e juros. Para o parcelamento de 18 e 24 meses, a anistia será de 70% e 60%, respectivamente, como explica Jorge Jatahy.

"As dispensas são escalonadas. Nos casos de parcelamento para os contribuintes que não possuem o domicílio tributário eletrônico no caso do ICMS e também os contribuintes do IPVA, eles terão que comparecer à Sefaz na nossa central de atendimento", ressaltou.

A diretora de Departamento de Arrecadação da Sefaz, Karen Monteiro, afirmou que há datas para a anistia. "Os débitos de IPVA e ITCMD podem ser pagos à vista com desconto quando tiver fato gerador até 31 de dezembro de 2013. No caso do ICMS, esse período é mais estendido. Documentos com fatos geradores até junho de 2014 podem entrar esse benefício", afirmou.

Dados - Ao todo a medida pretende recuperar R$ 282,5 milhões em renegociações dos três impostos. De acordo com a Sefaz, no caso do ICMS, 14 mil contribuintes estão com pendência com volume de recursos de R$ 150 milhões. Já no IPVA são 152 mil devedores com volume de  R$ 130 milhões. Para o ITCMD cerca de 2 mil pessoas possuem pendências, o que representa R$ 2,5 milhões.

A Sefaz informou ainda que neste ano o Estado tem uma estimativa de crescimento da arrecadação 5% em relação ao ano passado. Em 2013 foram arrecadados R$ 8,08 bilhões, já em 2014 o Estado estima fechar o ano com R$ 8,5 bilhões de reais arrecadados.

CRÉDITO DAS FOTOS: W. REDMAN/AGECOM

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.