Header Ads

Virou moda! Mais três pessoas foram flagradas andando sem roupas por vias de Porto Alegre



Despidas de preconceito em relação à nudez, mais duas pessoas foram flagradas circulando sem roupas pelas ruas da capital gaúcha no último domingo (9). Na avenida Carlos Gomes, conhecida com Terceira Perimetral, via importante e bem movimentada que atravessa Porto Alegre de norte a sul, um ciclista caminhou nu em um protesto solitário.



Nas imediações do Palácio Piratini, no centro da cidade, uma corredora foi vista usando nada mais do que boné e tênis. As câmeras de monitoramento das ruas por onde ela passou não estavam funcionando. A Brigada Militar informou que não foi chamada para atender a ocorrência. Ao contrário de outros casos recentes, tanto a jovem quanto o homem não apresentavam sinais transtorno ou desorientação mental.

Coincidência ou não, um evento chamado de "Corrida pelada na Carlos Gomes" foi marcado no Facebook para a mesma data. Dezesseis mil internautas foram convidados para a "maratona nudista", que teve, no ambiente digital, a confirmação de 3.500 pessoas. A proposta carregava um cunho social. "Vamos levar alimentos não perecíveis ou brinquedos para doação", pediu o organizador do evento em post na rede social.

Na vida real, a adesão foi bem mais modesta. Em novo post publicado na página do evento na noite de domingo, o organizador agradeceu "aos poucos que compareceram, que curtiram, que compartilharam, que de qualquer forma se envolveram" com a causa. Ele justificou: "Pouco a pouco vamos conquistando nosso espaço. Tudo é um processo, uma construção. Não se muda o mundo da noite para o dia."

Apesar da baixa participação, ele considerou o "saldo positivo", já que alimentos foram recolhidos e serão doados para um asilo da cidade.

"Não contrario os poucos que foram e que não ficaram nus, embora estivessem lá para isso. Eu os entendo, pois também não fiquei nu. Havia um batalhão de jornalistas e fotógrafos. Ninguém quer ser o rosto do evento. Nem eu. Poucos sabem lidar com toda essa exposição. De qualquer forma vejo que o saldo foi positivo."

Otimista, ele apostou, segundo o texto, que o "movimento só tende a crescer" e avisou que outros eventos virão.

"Percebo que há um número significativo de pessoas que compartilham desta filosofia, de entender o nu como algo humano e natural. Talvez falte a essas pessoas um estímulo, ou quem sabe uma oportunidade para dar um passo a frente.Conheci muitas pessoas, cada qual com o seu motivo para ter estado lá. O movimento só tende a crescer. É uma obra coletiva. Estamos nos reunindo, nos conhecendo e nos organizando."
posted from Bloggeroid

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.