Header Ads

TJAM nega pedido de intervenção no município de Coari por unanimidade


A Corte do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) negou, por unanimidade, na manhã desta terça-feira (7), o pedido de intervenção no município de Coari, feito pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM).

Os desembargadores seguiram o voto do relator João de Jesus Abdala Simões, que apresentou parecer contrário à intervenção, no dia 30 de setembro.

Naquela data, o julgamento foi suspenso após o pedido de vista do desembargador Rafael de Araújo Romano, que, hoje, convergiu com o voto do relator e a presidente do TJAM, Graça Figueiredo, acatou a decisão.

Treze desembargadores votaram contra a interdição; cinco faltaram a sessão, que também julgou e aceitou três agravos regimentais no processo do prefeito afastado de Coari,  Adail Pinheiro.

Fonte: Diário do Amazonas.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.