Header Ads

Governo do Amazonas lança campanha ‘Violência nem Brincando’ para conscientizar crianças e adolescentes

A Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seas) lançou nesta quinta-feira, 9 de outubro, a quinta edição da Campanha do Desarmamento Infantil com o tema "Violência nem Brincando". O lançamento aconteceu na Escola Estadual Eliana Pacheco Braga, bairro Santa Etelvina, zona norte, e tem a finalidade fortalecer ações preventivas de enfrentamento à violência. A campanha é uma iniciativa do Programa Ame a Vida da Seas, que atua hoje junto às escolas da rede estadual de ensino, em parceria com as secretarias de Estado da Educação (Seduc) e de Segurança Pública (SSP-AM).

"Durante esses cinco anos a gente percebe esse impacto positivo na vida dessas crianças e desses adolescentes. É isso que estamos tentando resgatar, ou seja, as brincadeiras saudáveis, o diálogo dentro de casa, o respeito com o próximo, e plantar essa semente que a paz inicia em cada um de nós", diz Márcia Helena Braga, coordenadora do Programa Ame a Vida.

A coordenadora explicou que a ação tem mais de sete mil alunos envolvidos das séries de 1º a 9º ano e conta também com a participação da comunidade. "Nós temos 108 escolas da rede pública estadual envolvidas na campanha deste ano. Nós trabalhamos com alunos de Ensino Fundamental I e II e temos mais sete Centros da Família, onde nós trabalhamos com a comunidade, levando palestras e oficinas".

Para a representante da Seduc, Simone Esteves, a campanha trabalha a conscientização de crianças e adolescentes, amenizando a violência. "Uma campanha deste nível ameniza a violência, pois as crianças se conscientizam que não podem brincar com brinquedos em formatos de arma. Elas mesmas se empenham, já que é desenvolvida através de atividades lúdicas e palestras, tornando-se um atrativo para as crianças".

Diminuição dos índices – Segundo o tenente da Polícia Militar da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Diego Paiva, a campanha de sensibilização dessas crianças é de extrema importância para diminuição dos futuros índices de violência  "O trabalho de conscientização de crianças quanto à violência acontece a longo prazo e reflete em bons índices de segurança no futuro".

De acordo com a Seas, de 2009 até 2013, houve uma redução de 83,5 % no numero de brinquedos que remetam às práticas agressivas e violentas. Oficinas, gincanas, práticas esportivas, teatro de fantoches, leituras, assim como o concurso de desenho e redação para alunos do ensino fundamental fazem parte da programação que se estenderá até o mês de novembro.

Participação da família – Os pais dos alunos também recebem orientação, por meio de palestras que são realizadas pela Seduc através do programa Jovem Cidadão durante o ano inteiro. Na época específica da campanha, Seduc e Seas também trabalham oficinas socioeducativas pelo programa Jovem Cidadão. Nelas, são trabalhados diversos temas, entre eles "bullying na escola", "violência com os professores" e outros.

CRÉDITO DAS FOTOS: NATHALIE BRASIL/AGECOM

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.