REAÇÕES DIVERSAS A DISPARADA DE MARINA NAS PESQUISAS ELEITORAIS


spacer

EM COARI VINCULOS FAMILIARES SÃO FORTALECIDOS PELOS TRABALHOS NOS CRAS

CRAS são unidades de execução dos serviços de proteção social básica destinados à população em situação de vulnerabilidade social, em articulação com a rede socioassistencial.

Atividade de fortalecimento de vínculos familiares realizado nos CRAS de Coari, por ocasião do dia das mães.

No Bairro de Chagas Aguiar e no Bairro Urucu funcionam os Centros de Referência de Assistência Social - CRAS, do município de Coari. São espaços destinados aos usuários da assistência social, ou seja, à população em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação ou fragilização de vínculos afetivos, os serviços e atividades visam prevenir as situações de risco, reforçar o principal papel da família como referência para cada um de seus integrantes e fortalecer seus vínculos internos e externos. A Secretaria de Desenvolvimento Social é responsável pelo trabalho realizado nestes locais, onde a população é convidada a participar.

Atividade de fortalecimento de vínculos familiares realizado nos CRAS de Coari, por ocasião do dia dos pais.

As ações de proteção social básica, desenvolvidas nos CRAS e em suas áreas de abrangências, compreendem:

Cadastro Único - registro de informações que serve como referência para a participação em programas sociais de concessão de benefícios.

Atendimento social - acolhida e entrevistas; visitas domiciliares; concessão de benefícios eventuais.

Convivência social e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários - para crianças e adolescentes, jovens, adultos e famílias, pessoas idosas e lideranças comunitárias. Acontecem a partir da participação de famílias e ou indivíduos nas atividades de grupos de convivência e de incentivo ao protagonismo.

Qualificação profissional - ações de capacitação para desenvolvimento pessoal e ampliação das oportunidades de geração de trabalho e renda, contribuindo para o alcance do desenvolvimento sustentável de famílias e indivíduos. São cursos oferecidos nos CRAS, nos Centros de Qualificação Profissional.

Outros serviços e projetos complementares

Grupos específicos, como crianças ou jovens, participam de projetos realizados em parceria com órgãos governamentais ou não governamentais, envolvendo a participação da comunidade. Acontecem em diversas áreas e podem ser desenvolvidos em outros locais.


spacer

NOTÍCIA CONFUSA SOBRE PREFEITO DE COARI PRECISA SER ESCLARECIDA


O Jornal A Critica, na sua versão online, publicou uma notícia e depois corrigiu a mesma, no entanto, o conteúdo ainda traz informações que precisam ser esclarecidas. Não há nenhuma conta da prefeitura bloqueada e nem tão pouco do prefeito Igson Monteiro. Não há nenhum processo no Tribunal de Justiça tramitando neste sentido. De outro lado a Câmara não tem poderes para determinar o bloqueio dos bens do prefeito.
spacer

PREFEITO EM EXERCÍCIO DE COARI FOI AFASTADO? NÃO.

Igson Monteiro conta com apoio popular em Coari
Para informar aos cidadãos que estão buscando saber sobre o assunto, em tempo: "O PREFEITO EM EXERCÍCIO DE COARI NÃO FOI AFASTADO PELA CÂMARA MUNICIPAL", o que aconteceu na sessão ordinária de ontem (27) foi a instalação de uma comissão processante para apurar denúncias, o que no final pode resultar ou não no afastamento do prefeito, dependendo das conclusões oriundas do relatório final e dos votos dos vereadores da Câmara.

A comissão processante tem um rito próprio, previsto em lei e obedece todo um processo de execução, não podendo ser feita ao bel prazer do poder legislativo. É também uma prerrogativa da Câmara Municipal instalar comissões, dentre elas a comissão processante para apurar fatos específicos. Isso não implica no afastamento sumário do chefe do executivo.

Nem tão pouco é verdade que as contas da Prefeitura estejam bloqueadas por conta da instalação da comissão processante. Pelo contrário, conforme já anunciado desde a semana passada a prefeitura começou a pagar o salário dos servidores municipais na manhã desta quarta-feira (27) conforme calendário de pagamento devidamente publicado. Ao retornar na tarde de ontem (26) ao município de Coari, o prefeito em exercício Igson Monteiro foi recebido por centenas de populares que compareceram ao aeródromo de Coari para demonstrar apoio à gestão que Igson Monteiro (PMDB) vem fazendo no município.
spacer

PREFEITURA DE COARI DIVULGA CALENDÁRIO DE PAGAMENTO


O calendário de pagamento do funcionalismo municipal da Prefeitura de Coari foi divulgado. Os funcionários municipais começam a receber hoje (27).
spacer

VACINAÇÃO DE HPV EM COARI


As estudantes das redes estaduais e municipais de ensino, com idade entre 12 a 14 anos, são alvo de campanha de vacinação contra HPV, que começará dia 1º de setembro.

O HPV (papilomavírus humano) é a principal causa do câncer do colo de útero, terceiro tipo mais frequente entre as mulheres, atrás apenas do de mama e de cólon e reto. No ano passado, segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer), 4.800 brasileiras morreram desse tipo de câncer no país, a maioria de classes menos favorecidas.

O HPV infecta a pele e as mucosas. Existem mais de 100 tipos diferentes de HPV, sendo que cerca de 40 tipos podem infectar o trato ano-genital (é considerada a doença sexualmente transmissível mais comum que existe). Pelo menos 13 tipos de HPV podem causar lesões capazes de evoluir para câncer. Estudos no mundo comprovam que 80% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas por um ou mais tipos de HPV em algum momento de suas vidas. Essa percentagem pode ser ainda maior em homens.

Os tipos 16 e 18 estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero e também na maioria dos casos de câncer de ânus, vulva e vagina. Já os tipos 6 e 11 não causam câncer, mas são encontrados em 90% das verrugas genitais.

spacer

PESOS E MEDIDAS EM COARI



Dois técnicos do Instituto de Pesos e medidas do Estado do Amazonas – Ipem, estão em Coari executando serviços de verificação nos instrumentos de pesar e medir, além de proceder fiscalização de produtos de conformidade avaliada. Ou seja, os servidores públicos Luiz Grácio Fonseca e Emanuel da Silva Ramos, estarão visitando estabelecimentos comerciais para verificar as balanças e ferramentas de medidas métricas. Os técnicos do Ipem também estarão verificando a conformidade entre produtos e o que está apresentada na embalagem dos mesmos, além do selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, que é obrigatório em muitos produtos, como brinquedos, ferramentas e utilidades domésticas.
spacer

Compensa demonstra fidelidade a Eduardo Braga


Caminhando pela compensa para levar as propostas da coligação “Renovação e Experiência” e pedir o apoio da população para a sua candidatura ao Governo do Amazonas, o senador Eduardo Braga ouviu muitas vezes a frase “Sempre votei no senhor”. A fidelidade dos moradores do bairro ficou evidente na caminhada que realizou ao lado de sua candidata a vice, Rebecca Garcia, e do candidato ao senado Francisco Praciano.

Outra frase que Eduardo e Rebecca ouviram muito foi “Essa vitória já é de vocês”. O senador respondia sempre: “Deus lhe ouça. Vamos à luta. Peça para os seus amigos votarem na gente também”. Além de declarar seu voto em Eduardo Braga, Celeste Tomaz justificou: “Quando o Eduardo Braga está no poder, Manaus fica linda. Aqui todo mundo está com você”, afirmou. João Barbosa de Oliveira, aos 85 anos, afirmou que sempre votou em Eduardo Braga e vai continuar votando. “Melhor do que ele não tem. Por isso, eu e toda a minha família votamos nele”, disse. Janderson Raimundo de Souza também é eleitor fiel de Braga. “Votei no senhor para vereador, deputado. Até quando o senhor concorreu como vice de Amazonino Mendes eu votei no senhor”, disse, sem se privar de fazer suas reivindicações. “A nossa rua tem esgoto a céu aberto. Falta saneamento básico aqui”, disse.

As reivindicações dos moradores e comerciantes, aliás, foram as mesmas que o senador tem ouvido por todos os bairros por onde tem passado: falta segurança, o tráfico de drogas cresce cada vez mais, e necessidades básicas como água encanada e energia elétrica não são fornecidas satisfatoriamente.

Rosângela Lopes agradeceu a Eduardo Braga pela prorrogação da Zona Franca de Manaus por mais 50 anos. “Trabalhei no Distrito Industrial durante 22 anos e sei a importância disso para manter os empregos de quem trabalha lá. Agora tenho meu mercadinho e com a Zona Franca gerando dinheiro na nossa economia, as pessoas compram mais no meu comércio”, afirmou.

spacer

José Melo reúne com líderes de 250 igrejas evangélicas



melo90governador@gmail.com
O governador e candidato à reeleição José Melo (Pros) recebeu na noite desta segunda-feira, dia 25 de agosto, apoio à sua candidatura de mais de 500 líderes religiosos de igrejas evangélicas do Estado. O evento, organizado pela cúpula do PSDB, teve a participação de pastores, obreiros e demais representantes de denominações evangélicas em crescimento.

Com a presença do candidato a deputado federal Arthur Bisneto (PSDB) e de outros postulantes aos cargos legislativos pelo PSDB, a reunião contou com a participação de membros de mais de 250 igrejas evangélicas com menos de mil fieis.

Durante o evento, José Melo falou de seus programas de governo e pediu reflexão na hora do voto. O governador ressaltou ainda o trabalho em parceria com o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e afirmou que a sua finalidade é expandir a parceria em uma futura gestão.

"Tenho em meu plano de governo alguns milhões para aplicação em Manaus e quero fazer isso em parceria com o prefeito Arthur para transformar cada vez mais essa cidade em um local melhor para nossas famílias", frisou Melo.

A coligação 'Fazendo mais por nossa gente' é formada por José Melo, como candidato ao governo, e o deputado federal Henrique Oliveira (SD) como vice, além do ex-governador Omar Aziz (PSD), na disputa pelo Senado Federal. A aliança engloba 16 partidos, com 325 candidatos a deputado estadual e 24 candidatos a deputado federal. O grupo é composto por PROS, PSD, SD, PSDB, PR, PTdoB, DEM, PTC, PRP, PSL, PSC, PTN, PHS, PRTB, PV e PEN.    https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif
  
spacer

EM ENTREVISTA AO BLOG EM DESTAQUE SENADORA VANESSA RESSALTA CONQUISTAS PARA COARI

Entrevista de Vanessa Graziontin ao Blog Em Destaque, por Daniel Maciel.


Fábrica de medicamentos

A senadora Vanessa Grazziotin falou ao Blog sobre vários temas de importância regional, dentre ele a inauguração da fábrica de medicamentos Novamed no Polo Industrial de Manaus (PIM) que deverá estimular a vinda de novas empresas do segmento para a Capital do Amazonas. Foi o que avaliou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), farmacêutica de formação durante a entrevista. Segundo a parlamentar, esse mesmo movimento, de adensamento da cadeia produtiva, tem sido cada vez mais comum na Zona Franca de Manaus (ZFM), como recentemente ocorre com o segmento de computadores tipo tablet.

Prorrogação da Zona Franca

"Foi uma sessão histórica como já havíamos previsto", disse a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), para quem a bancada amazonense agora tem que centrar sua luta na aprovação do projeto de lei que expande os incentivos à região metropolitana de Manaus; a definição imediata do modelo de gestão do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA); e a melhoria da infraestrutura na região. Segundo ela, o fortalecimento do CBA é a condição sine qua non para que se promova em larga escala na Amazônia a exploração dos recursos naturais com a preservação do meio ambiente. "A política de desenvolvimento sustentável é uma das nossas vocações naturais, precisamos avançar nessa área, mas infelizmente ainda estamos emperrados com o processo", disse.

Aviação Regional


O governo federal publicou a Medida Provisória 652 que cria o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (Pdar). A MP autoriza a União a conceder subvenção (recursos para diminuição dos custos) às empresas aéreas que operam em aeroportos regionais em todo o país. O programa deve elevar o número de frequências das rotas regionais operadas regularmente e aumentar o número de cidades e rotas atendidas por transporte aéreo regular de passageiros. Este ano, a senadora Vanessa e a bancada do Amazonas se reuniram com o ministro da Aviação Civil Moreira Franco para exigir a manutenção das rotas aéreas no Estado. Na época a empresa Azul ameaçava suspender voos para cidades do interior. Segundo um estudo feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em 2012, o desenvolvimento da aviação regional representa um importante fator para diminuição das desigualdades no Brasil, já que contribui com a inclusão econômica e social da população atendida e ajuda na integração de localidades remotas por meio aéreo.

A senadora destacou que "a edição da MP é uma vitória dos moradores das cidades, inclusive de Coari, que necessitam de uma ligação aérea permanente, além de baratear o acesso de todos ao transporte aéreo". Vanessa também lembrou que esta conquista precisa vir acompanhada de investimentos nos aeroportos das cidades. "Nós já tratamos com a Infraero a necessidade da empresa investir nos aeroportos para garantir a segurança e o conforto de todos os que utilizam a aviação regional". As empresas interessadas em aderir ao programa deverão assinar contrato com a União e para receberem a subvenção deverão apresentar documentação que comprove sua regularidade jurídica e fiscal.

Prefeito Igson

A senadora declarou que conhece Igson Monteiro (PMDB) muito antes de ele ser vice-prefeito, e agora prefeito de Coari. "Igson é um grande amigo nosso, nos conhecemos a muito tempo, temos amigos comuns em Manaus e sabemos como ele tem sido a vida inteira uma pessoa dedica em benefício do povo" - declarou Vanessa Grazziotin. Ela afirmou ainda que sempre estará apoiando as cidades e municípios do interior independente do passado ou das questões eleitorais. "Eu estou à disposição para continuar ajudando Coari" - informou a senadora.
spacer

CARNE E PEIXE ILEGAIS APREENDIDOS



Equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente apreenderam, na manhã desta sexta-feira, dia 22 de agosto, cerca de 40 quilos de pescado e carne de animais silvestres, todos protegidos por lei federal.

Os fiscais informaram que faziam fiscalização de rotina no mercado municipal e nos arredores da Feira do Produtor Rural, quando encontraram, expostos a venda, carnes de paca (agouti paca) e anta (tapirus terrestris), além de pirarucu (arapaima gigas) seco e gelado.




Os produtos apreendidos foram doados à Unidade Prisional de Coari (UPC) e à Casa de Resgate, que cuida de pessoas em tratamento contra a dependência química, no bairro Urucu. Populares acompanharam a doação nas duas instituições.
spacer

PM atingido em troca de tiros em Coari é investigado por envolvimento com o tráfico



O soldado da Polícia Militar, Elder Feitosa Morais, poderá ser excluído da corporação por ter se envolvido em um confronto armado com traficantes de droga no Rio Solimões no mês passado.

A informação foi dada nesta sexta (22) pelo comandante geral da Polícia Militar no Estado, coronel Almir David. Na avaliação do coronel, o policial não tem estabilidade para manter-se na corporação. No confronto o soldado foi atingido com dois tiros e foi abandonado no porto da cidade de Coari (a 370 quilômetros de Manaus).

O comandante determinou a instauração de um Inquérito Policial Militar (IPM) para investigar o caso, que está sendo presidido pelo major Seixas. Elder que chegou a Manaus em estado grave ficou por mais de duas semanas internado no hospital Platão Araújo se recuperando dos ferimentos. Ele confessou que travou tiroteio com quatro homens no Rio Solimões, mas que só fez por ter sido atacado por ele. O caso aconteceu no dia 7 de julho deste ano.

O soldado disse que estava em uma canoa no Rio Solimões com mais três pessoas, cujos nomes não foram revelados, pescando quando apareceu uma canoa regional com quatro pessoas. Estes, ao vê-los passar, atiraram contra o soldado e seus colegas. Armado com uma pistola calibre ponto 40, da Polícia Militar, ele atirou contra os suspeitos. No confronto, no entanto, ele foi atingido e acabou abandonado pelos colegas. Até a arma do soldado foi deixada com ele no momento em que os seus colegas pediram socorro dos ribeirinhos.

Inquérito

O delegado de Coari, Rafael da Costa e Silva, instaurou inquérito policial para investigar o caso. Ontem por telefone, ele disse estar aguardando o soldado se restabelecer para poder tomar o depoimento dele e esclarecer o assunto. O delegado adiantou, no entanto, que durante as investigações, a polícia descobriu o envolvimento do soldado com os criminosos, fato que deverá ser esclarecido nos próximos dias.

Costa e Silva informou ontem que representou pela prisão preventiva do policial, mas esta não chegou a ser decretada por falta de juiz na 2ª Vara da Comarca de Coari. O delegado disse ainda que veio a Manaus para tomar o depoimento do soldado, mas este se negou a falar alegando que naquele dia estava febril e se sentindo mal.

Segundo o delegado, as primeiras informações que chegaram à polícia é que o soldado estava com mais três pessoas extorquindo traficantes que passam pelo local transportando droga. Ele teria abordado uma canoa regional que trazia 300 quilos de droga para Manaus, onde estavam o peruano Freddye Lopez Vargas, 38, e o colombiano Roldan Osório Villamil que chegaram a ser presos e mais duas pessoas. Freddy teria ficado ferido com um tiro de raspão na cabeça.

Droga

O delegado de Coari, Costa e Silva, informou que os estrangeiros abordados pelo policial militar confessaram que, no momento do confronto, estavam transportando uma remessa de cocaína, de aproximadamente 300 kg, de Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus) para a capital.

A droga seguia viagem com os outros três estrangeiros que estavam com eles, mas cujos nomes não foram identificados. A polícia fez buscas pela área, mas não conseguiu encontrar nem os estrangeiros e nem o entorpecente que eles transportavam.

fonte: JORNAL A CRITICA
spacer

DIA DO SOLDADO É COMEMORADO EM COARI


Em comemoração ao Dia do Soldado, 25 de agosto, o Comando do 5º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Amazonas (5º BPM), com sede em Coari, realiza nas dependências do Kioske Clube – antigo Ciex – festa de confraternização da tropa e homenagem ao patrono dos soldados brasileiros, general Duque de Caxias.

Além de militares, autoridades constituídas e convidados, o evento também contará com a presença de empresários e comerciantes que contribuíram para a realização desse congraçamento, durante toda a manhã e tarde de domingo, para os membros da briosa Polícia Militar.
spacer

AQUICULTORES EM FESTA NO MUNICÍPIO DE COARI



Neste próximo domingo, dia 24 de agosto, aconteceram as comemorações do aniversário de 15 anos da Associação dos Aquicultores de Coari (AAC).

O evento começou a partir das 11h00, na sede social da Loja Maçônica Fraternidade Coariense nº 16, mas conhecida como “Telhadão da Maçonaria”.

Uma Missa em Ação de Graças, seguida por um almoço para os convidados fizeram parte da programação de aniversário da mais antiga instituição que reúne criadores de peixe e quelônios do estado do Amazonas.

Devido a motivos alheios à direção da entidade, somente agora foi possível realizar tal festa de aniversário, já que a entidade fez aniversário de uma década e meia no último mês de maio.
spacer

BANCO DE SANGUE DO HOSPITAL DE COARI PRECISA DE DOADORES


Eledilson Colares

A quantidade de sangue nos estoques do Banco de Sangue do Hospital Regional de Coari chegou a um ponto preocupante, principalmente o tipo O+.

Por conta disso a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a direção do Banco de Sangue solicitam à população em geral e, principalmente, aos doadores de sangue que compareçam com urgência a essas unidades de saúde para ajudar a salvar vidas.

Qualquer pessoa, maior de idade e que esteja gozando de boa saúde pode e deve doar sangue.

spacer

Idoso que sumiu na selva amazônica comia abelha e mosca para sobreviver


Em lágrimas, o engenheiro civil Gileno Vieira da Rocha, de 65 anos - resgatado após passar 12 dias perdido na floresta Amazônica - reencontrou seus familiares no Aeroporto Eduardo Gomes, na Zona Oeste de Manaus, na tarde desta quarta-feira (20). O engenheiro relatou os momentos de aflição: "comi moscas e abelhas para sobreviver", disse à TV Amazonas.


Segundo a esposa do engenheiro, Greyce Morais, a família não perdeu a esperança de encontrar Gileno. "Deus ouviu as minhas preces. A minha fé em Deus nunca faltou, nunca falhou. Eu sabia que a gente podia encontrar ele", disse após rever o marido no aeroporto.

O engenheiro, que estava no município para trabalhar em uma empresa de pavimentação da rodovia AM-230, a Transamazônica, relatou que passou fome e não conseguiu encontrar frutas ou caçar animais nos dias que esteve perdido na mata. Ele contou ainda que chegou a comer abelhas e moscas para conseguir sobreviver. Mesmo debilitado e tendo passado por momentos difíceis, Gileno afirmou estar feliz. "Espero devolver a todos aqueles que me conhecem e convivem comigo em dobro aquilo: a grande felicidade", disse.
Após ser resgatado, o homem prestou depoimento à polícia de Apuí e relatou que teve um desentendimento com moradores do município antes de desaparecer. "Ele teve problemas particulares com uma família.

Temia retaliações, ficou aflito e resolveu sair da comunidade em direção a Apuí. Pegou, no primeiro momento, carona no próprio caminhão da empresa que foi até o km 7. Após isso, pegou carona com morador da vila, ficou 3km a frente, resolveu caminhar pelo pasto, entrou na floresta e se perdeu", explicou o delegado.

Desaparecimento

Gileno desapareceu no dia 7 de agosto na comunidade de Sucunduri, localizada nas proximidades de Apuí, município a 453 km de distância de Manaus. Ele foi achado pelo grupo de busca dos Bombeiros e da Polícia Militar (PM), com auxílio de cães farejadores em uma área de mata fechada na manhã desta terça-feira (19).
spacer

DILMA NÃO RESPIROU, OS BRASILEIROS PRECISAM RESPIRAR.


Daniel Maciel

Faltou tempo para a candidata Dilma Rousseff respirar, tal a pressa em responder as perguntas que a confrontou com os principais problemas de seu governo: corrupção, saúde e economia.  Mas o tempo que faltou não foi culpa do cronômetro, foi culpa da candidata que não teve a capacidade de ser prática nas respostas e, consequentemente não foi convincente. Ela falou tanto em tão pouco tempo, que mal deixou os âncoras do Jornal Nacional fazerem as perguntas.

O brasileiro consciente que vê na pressa das palavras a lentidão de credibilidade. A pressa não apenas atropelou o raciocínio da candidata, como deixou dúvidas no ar. Seria melhor ter sido mais lacônica,  mais segura,  mais convincente o que ela não foi.  Ficou uma imagem de autoritária, de dona da razão e da verdade.  Não custava nada ela ter admitido algumas deficiências e afirmado que poderia melhorar: e isso ela não o fez.

É por estas coisas simples que o brasileiro vai se desprendendo do jeito de governar do PT. Não dá mais pra aceitar o jeito PT de ser, sem admitir os erros da companheirada, o discurso pronto ser brechas para adendos e a tentativa de convencimento que não dá brecha para o diálogo. Fica dada a dica: a mudança passa ser uma grande opção, se a candidata Dilma não respirou na entrevista,  os brasileiros precisam respirar. 
spacer

Eduardo Braga firma compromisso com a PM nas redes sociais


O senador Eduardo Braga, candidato ao Governo do Amazonas, postou neste domingo (17/08), em todas as suas redes sociais, um vídeo no qual firma um compromisso com Polícia Militar do Amazonas. Utilizando os mesmos canais que seus adversários escolheram para disseminar o boato de que a Polícia Militar (PM) será desvalorizada, caso ele seja eleito, Braga não apenas desmentiu o que foi inventado sobre ele, como se comprometeu a valorizar e resgatar a imagem da PM no Estado. Para conferir o vídeo, basta acessar o link www.youtube.com/watch?v=haE0t362Z10.

No vídeo, Eduardo Braga lamenta o fato de que, em época de campanha, surjam tantas fofocas, mentiras e boatos nas redes sociais e desmente que vá perseguir os policiais militares, se for eleito. “Soldado, praça, cabo, sargento da Polícia Militar, eu tenho um compromisso com você”, afirma.

Braga também lembra que realizou a promoção de policiais militares quando foi governador. “Existiam soldados que estavam esperando há mais de 20 anos por uma promoção para ser cabo. Tinha cabo há 18 anos esperando para ser promovido a sargento; sargento que esperava há décadas para ser subtenente. E eu fiz isso no meu governo”, disse.

O senador credita a seus adversários a disseminação do boato nas redes sociais. “Agora, às vésperas das eleições, os meus adversários, depois de terem ficado quase cinco anos no governo e não fazerem a valorização do soldado, do praça, do cabo, só para tentar te enganar e mexer com teu voto, estão querendo espalhar uma mentira de que, se eu for governador, eu não vou prestigiar os soldados, cabos e sargentos da PM”, afirma no vídeo.

Eduardo Braga aproveita para firmar com os policiais militares um compromisso de valorização e resgate da autoestima e imagem positiva da Polícia Militar do Amazonas. “Eu não apenas vou valorizar você, como vou valorizar toda a PM. Vou resgatar a credibilidade de uma instituição que precisa ser respeitada como uma polícia cidadã e uma polícia justa e honesta”, afirma, ao se dirigir diretamente aos policiais e firmar um compromisso com eles. “O Amazonas merece que você seja reconhecido com um bom policial”, conclui.

spacer

José Melo apresenta propostas para mobilidade urbana e desenvolvimento econômico na Rádio A Crítica


Desenvolvimento econômico, infraestrutura logística e mobilidade urbana foram destaques na entrevista do governador e candidato à reeleição José Melo (Pros) à Rádio A Crítica FM, nesta segunda-feira, dia 18 de agosto. Abrindo a série de entrevistas da emissora com os majoritários, Melo afirmou que sua meta no governo é explorar novas bases econômicas no Estado, promover inovação nas políticas públicas e fazer um governo mais técnico e menos político.

Candidato da coligação 'Fazendo mais por nossa gente', com Henrique Oliveira (SD) como vice-governador e Omar Aziz (PSD) concorrendo ao Senado, José Melo disse que a prorrogação da Zona Franca de Manaus até 2073 e o fim da guerra fiscal com São Paulo criam o ambiente ideal para explorar outras bases econômicas no Estado, como as riquezas minerais. "Temos ainda uma farmacopeia, frutas que podem se transformar em produtos, riquezas imensas, frisou.  

No último mês, Melo entrou em acordo com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e conseguiu encerrar a guerra fiscal que onerava a entrada de produtos oriundos da ZFM na maior economia do País. Com isso, São Paulo reduziu a alíquota do ICMS de 18% para 12%. Segundo o governador, a expectativa é que a nova fase, somada ao ambiente da prorrogação do modelo, gere crescimento em torno de 70% na economia do Polo Industrial de Manaus, com atração de novas empresas e a diversificação da matriz das fábricas instaladas.

"Essas vitórias deram novo ânimo para a Zona Franca e a consequência é que virão muitos recursos. Vamos aplicá-los em Ciência e Tecnologia para ter uma base tecnológica forte e criar uma Zona Franca que venha das nossas riquezas regionais", defendeu.

O candidato anunciou fortalecimento da construção de estradas, asfaltamento de vicinais e abertura de novos ramais para facilitar o escoamento. Com a Confederação Andina de Fomento, mais de R$ 300 milhões estão em negociação. Outra proposta é a oferta de barcos pra transporte de mercadorias aos centros de consumo, o reforço no financiamento pela Afeam aos pequenos produtores e apoio a criação de distritos de MPEs nos municípios. A piscicultura e a fruticultura também estão entre as prioridades.

Outro assunto de destaque na conversa foi mobilidade urbana. José Melo disse que o problema será enfrentado com base em estudos aprofundados sobre os prováveis modais e que a ação será adotada em conjunto com a Prefeitura de Manaus.

"A mobilidade é um problema sério em todo o Brasil e coloquei em meu programa de governo para avançar no assunto. Estamos trabalhando com a prefeitura de Manaus para descobrir um novo modelo de mobilidade urbana. Encontrar um caminho que possa somar os recursos do Estado e Prefeitura para o transporte", declarou.

Abertura de novas avenidas em Manaus, a construção e duplicação de estradas e apoio a recuperação do sistema viário do interior também são propostas de José Melo. O candidato destacou a construção dos corredores viários Leste-Oeste, Colônia Antônio Aleixo – Bola do São José, concluir aneis Sul e Leste, a conclusão da Avenida das Flores e a duplicação da AM 070 e AM 010.

Inovações no governo - José Melo reafirmou que fará uma campanha de propostas e que não vai descer ao nível de adversários que apelam para baixaria na tentativa de conquistar o eleitor. "O Amazonas não merece uma campanha do chão, do limbo. Merece uma campanha para frente e de propostas. E é essa a campanha que eu vou realizar", disse.

O candidato à reeleição para o governo do Estado falou ainda de outras propostas como a construção de escolas de tempo integral em todos os municípios, o fortalecimento e ampliação do Ronda no Bairro, a construção do Hospital de 300 leitos na zona Norte e novos programas de esporte, lazer e cultura.

A coligação 'Fazendo mais por nossa gente' reúne PROS, PSD, SD, PSDB, PR, PTdoB, DEM, PTC, PRP, PSL, PSC, PTN, PHS, PRTB, PV e PEN.
spacer

Defesa Civil do Amazonas capacita gestores para a utilização de recursos federais


O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, em parceria com a Secretaria de Proteção e Defesa Civil (Sepdec), do Ministério da Integração Nacional, está capacitando gestores das Defesas Civis do interior do Estado e de municípios de Roraima e Rondônia, na gestão de recursos Federais de Defesa Civil. O curso, que teve início nesta segunda-feira, 18 de agosto, está sendo realizado no auditório da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) e vai até o próximo dia 22 (sexta-feira).

O objetivo do curso de capacitação é ampliar o gerenciamento técnico de gestores municipais para melhorar o desempenho na captação, aplicação e prestação de contas de recursos vindos do Governo Federal. De acordo com o titular da Defesa Civil do Estado, coronel Roberto Rocha, um dos maiores problemas atualmente das coordenadorias municipais de Defesa Civil está na formação dos gestores. Ele deu um exemplo de como a questão pode ser prejudicial para o trabalho desenvolvido no interior do Estado.

"Em 2012, nós tivemos 36, dos 62 municípios do Estado, inadimplentes com o Governo Federal. Com isso, cerca de R$ 6 milhões de verba federal foram devolvidos, porque as prefeituras não estavam aptas a assinar convênios, por problemas nas prestações de contas", disse Roberto Rocha.

Prestação de contas adequadas – O coronel explica que os participantes vão aprender, durante os cinco dias de capacitação, como trabalhar de forma correta na execução e aquisição de material de ajuda humanitária, material de socorro, além de fazer as prestações de contas adequadas com as portarias específicas da Defesa Civil Nacional e o planejamento de todas essas execuções, que, segundo ele, é um dos pontos mais importantes do trabalho da Defesa Civil. "Queremos proporcionar agilidade na aplicação dos recursos".

Coordenador de Defesa Civil do município de Iranduba, a 27 quilômetros de Manaus, Rener Cruz, destaca a necessidade de gestores, principalmente do interior do Estado, terem acesso a esse tipo de curso, principalmente por encontrarem mais dificuldades de obter conhecimento especializado, por conta das longas distâncias entre as cidades do Amazonas e os problemas com telefonia e internet.

A assessora especial do gabinete do prefeito de Porto Velho, Ana Valesca Duarte, também ressalta a importância do curso. "Pela primeira vez, Porto Velho viveu uma situação de calamidade pública com a cheia deste ano. O curso vai ser importante para preparar os técnicos e integrantes da Sala Municipal de Situação, estabelecida neste ano, para auxiliá-los na gestão desses recursos federais", explicou.

Balanço cheia 2014 – O coronel Roberto Rocha aproveitou a oportunidade para fazer um balanço das ações do Governo do Estado no atendimento às pessoas atingidas pela cheia dos rios no Amazonas neste ano. De acordo com o secretário, a previsão inicial era de que 33 municípios fossem atingidos pela subida das águas, mas o número chegou a 37 cidades, sendo afetadas 350 mil pessoas em todo o Estado, que acabaram desalojadas e perderam suas plantações e casas.

De acordo com o secretário, o Governo do Estado realizou convênios com os 37 municípios afetados, além de ajuda com suprimentos. "Nós assinamos convênios na ordem de R$ 6 milhões, além de fazermos o envio de ajuda humanitária, como alimentos, medicamentos, material de limpeza e a construção de estações de tratamento de água nessas localidades", explicou Roberto Rocha, afirmando que, agora, o trabalho será voltado para a reconstrução desses municípios atingidos.

CRÉDITO DAS FOTOS: NATHALIE BRASIL/AGECOM



spacer

A ATITUDE DIANTE DO INESPERADO



Daniel Maciel

As vezes coisas inesperadas acontecem em nossas vidas. Os brasileiros fãs de futebol, sentem até hoje a trágica derrota por 7 gols no jogo contra a Alemanha: o placar de 7 x 1 nunca foi imaginado pelo mais pessimista torcedor brasileiro.  Foi uma verdadeira tragédia. A derrota foi mais retumbante por se tratar de um uma copa do mundo realizada no Brasil.

Recentemente,  um acidente aéreo totalmente inesperado tirou a vida do candidato à presidente Eduardo Campos.  A vida e a carreira política foi interrompida de forma trágica em pleno desenrolar da campanha eleitoral. Um acontecimento inesperado que chocou todos que acalentavam o mesmo sonho do político.

Nos dois casos,  guardadas as devidas proporções e diferenças, o imponderável é o elemento convergente. Não é esperado,  não é imaginado,  não é desejado... Nem tão pouco compreendido o fato trágico que interrompe trajetórias,  sonhos e ideais. A vida é assim: fatos inesperados acontecem.

Mesmo assim,  no contexto destes acontecimentos há um ponto comum.  Apesar do sofrimento,  a vida tem que seguir apesar do trauma.  Há de ser encontrado no interior da alma forças para continuar,  para avançar,  para construir novos sonhos mesmo guardando com tristeza o trauma que veio inesperadamente.
spacer

Coari está entre os dez municípios do AM firmam pacto contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Vereador Gerbeson Alves assina termo representando o município de Coari

Prefeitos e representantes dos municípios de Manaus, Barcelos, Iranduba, Manacapuru, Novo Airão, Parintins, Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Presidente Figueiredo e Coari assinaram nesta quarta-feira (13), um termo de adesão entre o Governo do Estado e as prefeituras que participam da primeira etapa do projeto “Mobilizar e Agir em Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes”. Segundo a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania em exercício, Graça Prola, esses dez municípios são os que apresentam maior índice de casos de exploração sexual contra crianças e adolescentes no Mapa da Violência do Brasil.

De acordo com Graça Prola, menos de 5% dos crimes de abuso sexual são denunciados, por isso há uma dificuldade grande em contabilizar o número de casos, mas sabe-se que esses locais apresentam os maiores índices. Outro fator que dificulta a contabilização, é que as meninas e meninos em situação de risco não se sentem explorados e por isso não denunciam. “Fazer um programa que lhe rende uma calça jeans, um jantar, dinheiro para elas não é exploração sexual e nesses casos é necessário trabalhar a conscientização, pois elas não conseguem entender essa relação de desvalorização e exploração”, explicou Prola.

Equipe técnica que participou de capacitação.


Registros

O prefeito de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), René Coimbra, disse o município registrava até dez casos por mês de exploração sexual e com o trabalho de conscientização que vem sendo realizado o número baixou para até três casos por mês.

Ele explicou que, no início do trabalho, percebeu-se que o alto índice era motivados por problemas sociais e culturais, pois 95% da população é de indígenas que vão para a área urbana pensando em estudar e acabam sendo ‘presas’ fáceis para os criminosos.

Para René Coimbra, a assinatura do convênio vem pra somar e ampliar as ações de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes. “Nós precisamos proteger essas crianças e só é possível fazer isso trabalhando em conjuntos com o governo estadual e federal, pois São Gabriel apresenta uma realidade diferente, por ser de difícil acesso da fiscalização, por isso o cuidado tem que começar nas próprias famílias”, acrescentou.
spacer

SESC COARI NÃO ESTÁ TIRANDO CARTEIRA DE HABILITAÇAO


Um boato espalhado no Watsap foi desmentido pelo SESC Coari. A entidade afirmou que não está fazendo emissão de carteira de habilitação, porque não é atribuição da entidade prestar este tipo de serviço. A mensagem falsa já causou transtorno para algumas pessoas que procuraram a entidade pensando que o serviço estaria realmente sendo prestado para a população.Em virtude destes problemas, o SESC Coari informa que não faz este tipo de atendimento.
spacer

Eduardo Braga e Rebecca Garcia apresentam propostas para o setor primário


O senador Eduardo Braga, candidato ao Governo do Estado pela coligação “Renovação e Experiência”, participou nesta quarta-feira (13/08) do Encontro de Lideranças Rurais e Cooperativistas com Candidatos a Governador do Amazonas. O evento foi organizado pela Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (FAEA) e pelo Sindicato e Organização das Cooperativas do Amazonas (OCB/AM) e foi realizado na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA).

O senador iniciou sua participação no encontro prestando homenagens póstumas a Eduardo Campos, candidato à presidência morto na manhã desta quarta-feira em um acidente aéreo. “O Brasil está enlutado com a perda de um talento da nossa geração, meu colega governador, que hoje, tragicamente, veio a falecer. O Brasil e Pernambuco perderam um grande político, um jovem que trazia políticas públicas inovadoras, mas que era agradável no trato”, afirmou. Em seguida, Eduardo Braga confirmou o recebimento do documento “O que esperamos do próximo governador”, contendo as propostas da FAEA para o setor primário nos próximos anos, e fez um anúncio: “Nós estamos assumindo o compromisso com a federação de que, caso nós ganhemos as eleições, as propostas da FAEA farão parte do nosso programa de governo”.

Dentre as propostas para o setor primário do Estado apresentadas por Eduardo Braga na ocasião, o propósito de “plantar aqui o que comemos aqui” foi um dos destaques. A redução da dependência externa de alimentos é uma das prioridades de Eduardo Braga, que também falou que pretende acelerar a regularização fundiária e ambiental das propriedades rurais, implantando centros multifuncionais (Ipaam, Iteam, Idam) em áreas estratégicas do interior. Além disso, o candidato pretende assegurar assistência técnica agropecuária, florestal e pesqueira, ampliando o quadro de profissionais extensionistas do Idam para garantir produtividade, retorno social, econômico e ambiental. “Essa é a diferença de uma gestão eficiente, focada, moderna, para uma gestão que só pensa no setor primário às vésperas das eleições. Política pública é algo de médio e longo prazo”, declarou.

Ao falar sobre a enchente que atingiu a calha do rio Madeira este ano, Eduardo Braga criticou a ausência de auxílio do Governo do Estado às vítimas. “Eles perderam tudo e estão sendo cobrados pela Afeam, com juros, quando deveriam estar sendo anistiados para começar a vida de novo”, disse.

Braga também falou de tolerância zero à burocracia, recuperação de estradas vicinais, fomento de polos de desenvolvimento econômico e social no interior, distribuição de sementes e casa própria para agricultores e pescadores, como medidas para que o setor primário volte a crescer no Amazonas.
spacer

Caravana PROS 90 - “Fazendo Mais por Nossa Gente”, visitará cinco municípios do interior


Neste fim de semana acontece a terceira edição da Caravana PROS 90 - "Fazendo Mais por Nossa Gente", que visitará cinco municípios do interior. Na sexta-feira (15), o candidato à reeleição ao governo do Amazonas, José Melo, e seus principais aliados políticos chegam a São Sebastião do Uatumã, Itapiranga e Silves. No sábado (16), a caminhada acontece em Iranduba e Novo Airão.

"A meta é visitar todos os 61 municípios até o fim de setembro para mostrar a força e a validade das nossas ideias,além de consolidar nossos objetivos de vitórias nas urnas ainda no primeiro turno se possível", explicou Melo.

FOTOS: VALDO LEÃO
spacer

Merenda escolar regionalizada

Tendo acesso diário a itens alimentícios oriundos da produção agrícola regional, a comunidade estudantil tem avaliado positivamente a merenda escolar, que é composta de 50 itens, disponibilizada nas escolas da rede pública estadual de educação do Amazonas. A ação é parte do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), que garante alimentação de qualidade para as escolas da capital e do interior.

Hoje, produtos como batata doce, macaxeira, pirarucu, açaí, banana pacovã, farinha de tapioca, batata cará, abóbora, além de outros itens fazem parte do cardápio escolar.

Localizada no conjunto Xingu, bairro da Compensa, zona oeste de Manaus, a Escola Estadual Senador Flávio da Costa Brito é uma das mais de 500 unidades de ensino da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) favorecidas com os alimentos regionais e que ofertam diariamente uma merenda diferenciada aos alunos, contribuindo para um hábito alimentar saudável.

Segundo a gestora da escola, Eliana Nascimento de Almeida, uma alimentação saudável é fundamental para o desenvolvimento dos estudantes. "Nós oferecemos uma alimentação de qualidade para que as crianças incorporem esse hábito também em casa e procuramos mostrar isso aos pais. São diversos produtos regionais disponibilizados, muito importantes para essa fase de desenvolvimento em que se encontram os estudantes", destacou.

A supervisora da merenda escolar da escola Flávio Brito, Jean Neide Santana, evidenciou a grande aceitabilidade dessa alimentação pelos alunos. "A maioria dessas crianças não têm acesso a esses alimentos em casa, mas aqui na escola nós suprimos essa necessidade. Nós ofertamos produtos regionais, como taperebá, cupuaçu, açaí e pirarucu, ingredientes regionais que têm uma aceitabilidade ótima por parte das crianças", afirmou.

O Programa de Regionalização da Merenda Escolar é executado em parceria com a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), responsável pela contratação de cooperativas regionais e repasse rotineiro dos itens alimentícios às escolas do Estado.

De acordo com a gastrônoma e instrutora da ADS, Gorete Ferreira Pontes, além de disponibilizar alimentos saudáveis, o Programa visa a valorização dos produtos da região. "Eu acho extremamente importante essa alimentação para os estudantes porque nós regionalizamos todos os produtos em uma merenda escolar, produtos que são bastante valorizados em todo o Brasil, inclusive no exterior", lembrou Gorete.

Para que a qualidade alimentar chegue aos estudantes, o Governo do Estado, através da Seduc investiu, somente em 2014, R$ 30 milhões na aquisição dos itens regionais para a merenda escolar. Os investimentos além de beneficiar os estudantes, favorecem produtores e cooperativas agrícolas regionais, uma vez que a garantia da comercialização gera emprego e renda.

Produtores beneficiados – No Amazonas, o Programa de Regionalização da Merenda Escolar atende a mais de  10 mil agricultores em todo o Estado. Um deles é o Dorivan Santos que mora em Iranduba (a 27 quilômetros em linha reta de Manaus) e há dois anos está inserido no programa. Na horta, Dorivan planta couve e cheio verde, itens da merenda escolar. De acordo com o produtor, o trabalho para a merenda escolar na horta envolve esposa, irmãos e cunhados e garantiu um aumento de 70% nas vendas.

"O escoamento de produção chegou a 70%. Antes, nós jogávamos fora produtos, colhíamos e não tínhamos para quem vender ou vendíamos para atravessadores e eles pagavam um valor baixo. Agora é diferente. Quando temos uma qualidade de vida melhor e uma renda melhor, começamos a investir na nossa produção, na casa, na educação dos filhos. Já dá até para  sonhar com o carro novo. É um sonho que já está no alcance das mãos", afirmou.
 
Ao todo o Estado investiu R$ 99.730 de 2011 a 2014 no Preme, o que garantiu uma produção de 22.548 toneladas de alimentos no mesmo período. Ao todo, os 62 municípios do Amazonas estão inclusos no programa, que conta com a participação de 75 agroindústrias e 60 cooperativas.

Itens – A merenda regionalizada nas escolas públicas estaduais do Amazonas é composta por 50 itens: abacaxi, abóbora, açaí (polpa), açúcar mascavo, arroz (tipo 1), banana in natura, banana pacovã, bananada, batata cará, batata doce, carne bovina (em tiras), castanha, cenoura, colorau, couve, doce de frutas, farinha amarela, farinha branca, jerked beef, cheiro verde, cenoura, farinha de tapioca, feijão de metro, feijão de praia, geleia de frutas, laranja, limão, macaxeira, mamão, melancia, músculo bovino (em cubos), ovos, palmito, picadinho de peixe, picadinho de carne, pimenta de cheiro, pimentão, polpa de frutas, queijo coalho, queijo frescal, queijo mussarela, quiabo, rapadurinha, repolho, tangerina, tempero regional, tomate, filé de pescado, pirarucu seco salgado e néctar de laranja.

CRÉDITO DAS FOTOS: NATHALIE BRASIL/AGECOM
spacer

Apuí também quer Eduardo Braga de volta ao governo


A passagem do senador Eduardo Braga, candidato ao governo do Amazonas, pelo município de Apuí, neste sábado (09/08) serviu para demonstrar que o povo da calha do Madeira também quer Eduardo Braga de volta ao Governo do Amazonas. Depois da calorosa recepção em Manicoré, a carreata organizada pelo povo de Apuí tomou as ruas da cidade, numa clara demonstração de que as pessoas do interior também querem ver o Amazonas voltar a crescer.

Eduardo Braga foi a Apuí para realizar um comício e apresentar suas propostas ao povo da cidade. Acompanhado de sua candidata a vice-governadora, Rebecca Garcia, e do candidato ao senado Francisco Praciano, o senador falou sobre a necessidade de se dar mais atenção ao interior do Amazonas e realizar obras que fortaleçam a economia das cidades.

Não por acaso, depois do comício, Eduardo Braga visitou uma de suas obras que fortaleceram a economia de Apuí e continua forte até hoje, ainda que passando por dificuldades. O gerente da Apuí Laticínios, Leandro, fala da cooperativa de beneficiamento de leite implementada na cidade por Braga. “Estamos hoje produzindo em torno de 45 toneladas de leite por mês e vendendo em Manaus. Temos dificuldades para escoar a produção, para chegar com o leite até Manaus. Carentes dessas estruturas de escoamento de produção”, afirmou.

Segundo o gerente da cooperativa, há dificuldades também no investimento e financiamento de gado para os produtores, além das más condições das vicinais. “Todo o nosso trajeto é terrestre e as estradas estão muito precárias. E os produtores também ficam carentes porque a linha de crédito não chega a todos”, disse.

A volta de Eduardo Braga ao governo também é um desejo dos produtores de leite de Apuí. “Com a vitória do Eduardo Braga, a esperança é grande porque a gente conhece a história dele. Quando esteve no comando do Estado, fez um ótimo trabalho. E a gente tem a esperança de que volte esse trabalho porque a gente quer ver voltar o que ficou nos últimos anos parado”, disse o gerente da Apuí Laticínios.
spacer

José Melo se diz preparado para a agenda de debates na TV


Nesta segunda-feira(11), o candidato à reeleição ao governo do Amazonas, José Melo (PROS), se disse preparado, mas ansioso,para a série de debates pela qual passará nas emissoras de TVs em Manaus.

Embora, tenha evitado adiantar suas estratégias, o líder do Partido Republicano da Ordem Social no Amazonas (PROS) adiantou que não pretende entrar em discussões que fujam às condutas assinaladas por todos os candidatos ao governo em comum acordo no Tribunal Regional Eleitoral (TREAM).

“Entendo que apenas exerço o meu direito de avançar na carreira política. Direito que,aliás, do alto dos meus 67 anos de experiência, acho que tenho como qualquer outro cidadão de bem. Vou tratar o campo político no nível do campo político. Não vou baixar o tom, nem elevar a voz. Quem quiser discutir com baixarias que chame os seus, porque eu não vou baixar o nível do discurso democrático de direito”, assegurou Melo.

Os núcleos de jornalismo das TVs, em entendimento com os comandos dos partidos políticos, definiram a agenda para os primeiros debates nesta segunda (11), conforme alista abaixo:

•TV BAND 14 de agosto 
•RECORD NEWS 22 de setembro 
•TV A CRíTICA 26 de setembro 
•TV AMAZONAS 30 de setembro

Em caso de um possível segundo turno, os candidatos voltarão a se enfrentar a partir do dia 9 de outubro. "Ao longo de toda essa jornada, vamos discutir educação, saúde, saneamento ao invés de falar mal das pessoas. Temos a oportunidade de mostrar ao país como se faz uma eleição limpa e vamos fazêlo”, concluiu Melo.
spacer