9 de junho de 2014

Polícia Militar lança cartilha para turistas com orientações em seis idiomas

A Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) lançou, na manhã desta segunda-feira, 9 de junho, uma cartilha multilíngue de orientação aos turistas que virão a Manaus durante a Copa do Mundo de 2014. Aproximadamente de 1,2 mil policiais, que trabalharão diretamente na segurança do mundial, receberão a cartilha e outras cinco mil serão distribuídas para os visitantes que chegarem à cidade durante todo o mês de junho.

A cartilha foi desenvolvida em seis idiomas: português, espanhol, inglês, francês, italiano e alemão com uma série de informações, como telefone e endereço das principais delegacias de polícia, inclusive a Delegacia Especializada no atendimento ao turista; telefone e endereço de embaixadas e consulados dos países cujas seleções jogarão em Manaus; dicas de segurança e informações sobre como proceder em caso de perda de documentos.

No material, que será entregue aos visitantes que passarem pelo Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Porto de Manaus, hotéis e pontos de maior concentração de turistas como Teatro Amazonas, também é possível obter algumas informações sobre passeios turísticos como pelo Encontro das Águas, Presidente Figueiredo, Mercado Municipal Adolpho Lisboa, entre outros.

De acordo com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Almir David, o objetivo da cartilha é facilitar a comunicação entre policiais e turistas. "O objetivo dessa ação é interagir, integrar o policial militar com a comunidade visitante. Essa cartilha vai fazer com que o policial militar possa atender de forma satisfatória os visitantes", frisou.

Capacitação – Além do lançamento da cartilha, 56 profissionais, sendo 53 policiais militares e bombeiros, concluíram o curso de inglês e francês, oferecido especialmente para quem vai atuar durante a Copa do Mundo. O curso teve a duração de três meses e além de militares, contou com a participação de policiais rodoviários federais e trabalhadores do comércio.

Segundo o sargento Elias Moura, um dos professores responsáveis pelo curso, por conta do pouco tempo, apenas 40 horas de aula, o curso foi pensado em ser o mais objetivo possível. "Esse curso foi convencionado para que o policial aprendesse uma técnica rápida, para fazer um atendimento eficiente".

CRÉDITO DAS FOTOS: ROBERTO CARLOS/AGECOM









Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.