Header Ads

No dia do Meio Ambiente, Governo Estadual entrega a famílias extrativistas títulos que asseguram acesso a políticas públicas

Em uma ação que beneficia mais de 1.400 famílias, o governador do Amazonas, José Melo, entregou nesta quinta-feira, 5 de junho, seis Concessões de Direito Real de Uso (CDRU) Coletivas a moradores que vivem em seis Unidades de Conservação Federais em que o Governo do Estado possui terras em seu domínio. A solenidade ocorreu na sede do Governo, bairro Compensa, zona oeste de Manaus.

Na prática, a ação garante segurança jurídica aos ribeirinhos das reservas extrativistas, promove a implementação do Plano de Manejo da Unidade de Conservação e dá acesso a políticas públicas para as comunidades.  José Melo afirmou que a assinatura das seis concessões tem para os ribeirinhos das reservas o mesmo peso da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Zona Franca de Manaus.

O governador também determinou que a mesma medida seja válida  para as reservas estaduais. "Essa concessão representa para as famílias a segurança de poder desenvolver atividades sustentáveis a um longo prazo. Antes eles tinham que vir à Manaus, de cinco em cinco anos, para renovar esse documento. Aproveito a oportunidade para determinar ao governo que a mesma medida ocorra nas nossas reservas. Nossa determinação também é que as atividades econômicas no interior sejam cada vez sustentáveis", destacou.

As seis associações das reservas beneficiadas com a medida são: Associação dos Produtores Rurais de Carauari (ASPROC); Associação dos Produtores Rurais de Juruá (ASTRUJ); Associação Agroextrativista de Auati-Paraná (AAPA) com sede em Fonte Boa; Associação dos Produtores de Jutaí (ASPROJU); Associação dos Moradores do Rio Unini (AMORU) em Barcelos; e Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do Médio Purus (ATAMP) em Lábrea.  

Para o presidente da Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do médio Purus, José Maria Ferreira, (32), a medida do governo ajudará a acelerar a atividade econômica sustentável na região. "Essa é a mola de vai destravar a gestão da reserva. Esse documento garante aos extrativistas o uso permanente da área, direito a moradia e acesso a linhas de crédito", disse.

O presidente em exercício do Instituto de Terras do Estado do Amazonas (Iteam), Vital da Costa Melo, afirmou que os ribeirinhos terão acesso à capacitação técnica. "Essa era uma reinvindicação de 30 anos dessas comunidades. Então agora temos um novo cenário onde eles poderão acessar as políticas públicas do Estado e do Governo Federal principalmente a assistência técnica, fundamental para o desenvolvimento das atividades", ressaltou.  

Ação integrada- Assinatura das concessões são fruto de um Termo de Cooperação Técnica entre o Governo do Amazonas, por meio do Iteam,  Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ministério Público Federal (MPF), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e demais instituições parceiras no processo de regularização fundiária das reservas.

O diretor de ações socioambientas do ICMBio, João Arnaldo Novais, destacou a assinatura das concessões feitas por José Melo como forma de colaborar com uso racional dos recursos naturais e disse que a ação do Governo do Amazonas irá influenciar outros Estados. "Por conta deste esforço conjunto no Amazonas iniciamos as negociações com o Estado do Pará para que medidas semelhantes sejam tomadas. Esse gesto de hoje do governador já está servindo de referência", afirmou.

Já o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Júlio Araújo Júnior, destacou o diálogo entre os órgãos públicos. "O importante é que conseguimos alcançar perspectiva em que se reconheça o uso coletivo da terra por parte das comunidades e seu papel principal na proteção do meio ambiente".


FOTOS: MICHAEL DANTAS/AGECOM


Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.