Eduardo Braga é recebido com festa no Aeroporto de Manaus

Um dia após a aprovação em segundo turno, na Câmara dos Deputados, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 103/10, que prorroga a Zona Franca de Manaus (ZFM) por mais 50 anos, o senador Eduardo Braga foi recebido na tarde desta quinta-feira (05/06), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, por um grupo de pessoas com faixas, cartazes, instrumentos percussivos, entoando gritos de guerra numa verdadeira festa de comemoração à importante conquista para o Amazonas.

Presidente regional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e líder do Governo no Senado, Eduardo Braga foi um dos principais articuladores da aprovação do projeto, que agora vai para o Senado, onde passará por mais duas votações. "Foi uma batalha vencida. Agora, a prorrogação da Zona Franca chega ao Senado, a partir da semana que vem. Esperamos, com a ajuda de todos os senadores do Amazonas, podermos votar em urgência urgentíssima", disse o senador.

Visivelmente satisfeito com o desfecho da verdadeira queda de braço que foi negociar a aprovação da prorrogação da Zona Franca de Manaus, Braga ficou surpreso com a recepção festiva. "O sentimento é de alegria de poder ajudar milhares e milhares de trabalhadores e ter uma certeza de que a nossa geração não terá mais que lutar tanto para prorrogar a Zona Franca. Agora, nós temos até 2073, se Deus quiser", comemorou.

Indagado se via alguma relação entre o Dia Internacional do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, e a vitória obtida pelo Amazonas na Câmara dos Deputados, o senador disse que os dois tinham tudo a ver. "Se o Amazonas é o Estado mais preservado do Brasil, é exatamente por causa da Zona Franca, que é o maior projeto de conservação ambiental que o Brasil já criou".


Comentários