PREFEITO DE COARI GARANTE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO DE ESCOLA DE MEDICINA

A reitora da Universidade Federal do Amazonas se reuniu com representantes do Ministério da Educação e autoridades de Coari para debater a implantação do curso de Medicina no município. A reunião aconteceu no último sábado (31), em Manaus, para acertar detalhes sobre a implantação do Curso de Medicina no município. O prefeito em exercício Igson Monteiro reafirmou o compromisso da prefeitura doar o terreno como contrapartida para construção das instalações da escola de medicina no município.

De acordo com o próprio site oficial da universidade, "há dois terrenos em Coari que interessam à Ufam, ambos na estrada que dá acesso ao aeroporto. As autoridades coarienses explicitaram a vontade que o curso seja implantado no município e se comprometeram a tomar todas as providências para que a implantação do curso seja efetivada". 

O representante do Ministério da Educação, Vinícius Ximenes, ressaltou que neste momento a unidade política é estratégica para que as autoridades possam dar esse grande presente para a cidade de Coari. “Os recursos do Ministério foram liberados, as vagas para docentes e técnicos também. Agora é só ter união para viabilizar essa conquista para Coari”, disse o representante do Mais Médicos.

A Comissão da Ufam segue nesta segunda-feira (2) para Coari para acompanhar as ações que serão adotadas para agilizar o processo de doação do terreno. “Temos pressa, pois esse terreno, depois de doado à Universidade, será incorporado ao patrimônio da União e só após essa fase é que poderemos fazer a construção dos dois prédios da Medicina”, disse o vice-reitor, professor Hedinaldo Narciso Lima.
spacer

Barbosa deixará o Supremo em junho


O presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou na manhã desta quinta-feira que o ministro Joaquim Barbosa deixará o comando do Supremo Tribunal Federal (STF) em junho, conforme antecipou a coluna Radar on-line, de Lauro Jardim. A declaração de Renan foi feita após um encontro dos chefes dos dois Poderes no Senado. Segundo o senador, Barbosa solicitou o encontro para se despedir. "Motivo surpreendente e triste, o ministro veio se despedir, ele estará deixando o Supremo Tribunal Federal", disse.
"Foi uma conversa surpreendente, e nós sentimos muito porque ele é uma das melhores referências do Brasil. Ficamos tristes porque sempre tivemos um relacionamento muito bom como representante dos Poderes, e sempre o tivemos como uma das nossas melhores referências", afirmou o senador.
Após a reunião, Barbosa seguiu para o gabinete do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). No trajeto dentro do Congresso, o ministro não quis comentar: "Num momento oportuno eu vou me pronunciar", disse.
Barbosa comunicou a presidente Dilma Rousseff de sua aposentadoria na noite desta quarta-feira. Com sua saída, o vice-presidente do STF, Ricardo Lewandowski, assumirá a cadeira.
spacer

Imagens de flechadas contra PM rodam o mundo

Principais jornais e sites do mundo destacaram o confronto entre índios e policiais durante manifestação contra a Copa do Mundo em Brasília


A tragicômica cena de faroeste registrada nesta terça-feira, num confronto entre índios empunhando arcos e flechas e policiais militares a cavalo, ganhou destaque nos principais jornais e sites do mundo. A confusão começou quando um grupo de índios que realizavam um ato no Congresso Nacional pela demarcação de terras protegidas se juntaram a manifestantes que marchavam contra a Copa do Mundo no Brasil. Para proteger o Estádio Nacional de Brasília, que abriga a exposição da taça oficial da Copa, a PM bloqueou vias e foi atacada – um policial foi atingido por uma flechada.

“Arcos e flechas contra gás lacrimogêneo”, destacou o espanhol El País, que ressaltouo calendário de protestos esperados nas sedes do mundial de futebol em junho. O inglês Daily Mail usou título similar – “arcos e flechas versus gás lacrimogêneo” – e publicou em seu site dezessete fotos da batalha campal. Também foi a mesma linha do argentino Clarín: "Com arcos e flechas, índios entram em confronto com a polícia no Brasil".
A rede Al-Jazeera também relatou surpresa com “indígenas vestidos com trajes típicos contra policiais a cavalo na capital do país”. O italiano La Repubblica estampou 29 fotos do embate nas ruas de Brasília em seu site.
Nos Estados Unidos, o New York Times divulgou um vídeo com imagens de índios investindo contra a Cavalaria da PM. "Um protesto reunindo ativistas indígenas e manifestantes contra a Copa do Mundo na capital do Brasil termina em confrontos próximo ao novo estádio de futebol."
A rede alemã Deutsche Welle frisou: "O Brasil tem visto protestos regulares nas semanas que antecedem a Copa do Mundo. Muitos brasileiros estão irritados com os 11 bilhões de dólares que o governo gastou para sediar o torneio".
O francês Le Monde citou outras paralisações que se espalharam pelo país nas últimas semanas. “Grevistas e manifestantes se beneficiam da visibilidade dada pela Copa do Mundo, prevista para começar em 12 de junho, para realçar as suas exigências."

Augusto Nunes: No dia em que a herdeira dos gigolôs da bola anunciou a consumação do roubo, o confronto entre o exército da selva e a PM piorou o que já era um programa de índio
1 de 9

The New York Times

"Conflito em Brasília enquanto índios protestam contra a Copa do Mundo"

spacer

SEM INOCÊNCIA


A propaganda do site de classificados Bom Negócio que se popularizou pelo bordão “Sabe de nada, inocente”, dito pelo cantor Cumpadi Washington, recebeu aproximadamente cinquenta reclamações no Conar –  e será alterada.
Os consumidores, em sua maioria mulheres, acharam ofensiva a parte em que o cantor chama uma mulher de “ordinária”. Na verdade ele não chega a completar a palavra, diz apenas “vem, vem, ordiná…” e então é interrompido, mas o Conar não deixou de dar razão às queixas. Ainda cabe recurso.
Por Lauro Jardim
spacer

COARI ADERE AO DIA DO DESAFIO


Desde cedo os instrutores do SESC estão empenhados em colocar a cidade de Coari em movimento. Todos estão sendo convidados a se movimentar pelo menos em 15 minutos de exercício físico. Coari está competindo com a cidade de Assuncion Mita da Guatemala, e a meta é por mais de 16 mil pessoas para participarem do Dia do Desafio.Nesse dia os cidadãos participam de uma competição entre cidades com o objetivo de estimular a adoção de hábitos mais saudáveis como a prática diária de esportes e de exercícios físicos. Vence o desafio a cidade que conseguir mobilizar o maior número de pessoas, considerando o percentual de participantes em relação ao total de habitantes de cada município.

O Dia do Desafio começa à 0h e termina às 21h . Cada cidade elabora uma programação seguindo seus costumes, recursos e preferências da população. Vários locais são preparados para receber o público: escolas, clubes, parques, praças, empresas, academias, dentre outros. Em 2013, 6.000 participaram da mobilização.

Neste dia vale praticar qualquer tipo de atividade física e registrar a sua participação através de e-mail, linha telefônica 0800 ou telefones de órgãos oficiais da cidade. Cada região adota um sistema de anotação de resultados, que serão divulgados posteriormente pelos veículos de comunicação e pelo www.diadodesafio.com.br. No site você também encontra mais informações sobre a iniciativa, vídeo e a programação completa das cidades.
spacer

TRABALHADORES DA AMAZONAS ENERGIA EM COARI ADEREM A GREVE


Os trabalhadores da empresa Eletrobrás Amazonas Energia S.A., em assembléia geral extraordinária ocorrida no dia 23  de maio do ano em curso, decidiram pela paralisação de suas atividades por 72 horas (dia 28, 29 e 30) tanto na capital quanto em agências do interior. Os funcionários da agência de Coari aderiram ao movimento. Os atendimentos dos serviços essenciais e inadiáveis não serão prejudicados. A paralisação tem como reivindicação a participação nos lucros e resultados - PLR.


spacer

IGARAPÉ DE MANAUS FICA COM ÁGUA VERMELHA

Igarapé 'vermelho' surpreendeu moradores que passavam pelo local na manhã desta segunda-feira (26) (Euzivaldo Queiroz)
Não se trata de um milagre bíblico,  é poluição mesmo. O Igarapé fica no Bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, e o que está acontecendo lá vem intrigando moradores das proximidades e até mesmo órgãos de proteção ambiental.

Na manhã desta segunda-feira (26), o rio amanheceu com a coloração alterada e ainda não há respostas para a mudança. O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informou que fiscais foram encaminhados ao local para averiguar o caso.

Segundo o pesquisador em recursos hídricos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Sérgio Bringel, a coloração no Igarapé do Jacaré pode prejudicar a fauna existente. “Há várias possibilidades que podem ser levantadas como o despejo de tinta à base d’água, corante ou outros produtos. Entretanto, é certo que essa mudança acarreta na diminuição de oxigênio na água e consequentemente na morte de animais como peixes e anfíbios”, alertou.
spacer

Câmera perdida no mar é encontrada dois anos depois com fotos intactas

Uma câmera digital perdida em um naufrágio na costa oeste de Vancouver Island, no Canadá, foi encontrada no fundo do mar por dois estudantes de ciências marinhas. Mesmo estando totalmente danificado, o dispositivo continha um cartão de memória em perfeito estado, repleto de fotos do dono.

A câmera apresentava ferrugem e se tornou lar de alguns pequenos seres marinhos. O dispositivo foi encontrado durante um mergulho de pesquisa e levado para superfície, onde o professor dos rapazes constatou que o cartão de memória (SD) estava funcionando perfeitamente e guardava as fotos do dono.

 O funcionamento do cartão só pode ser verificado quando ele foi inserido em uma outra câmera. O aparelho original estava totalmente danificado. “Haviam várias espécies de pequenos seres marinhos vivendo dentro da câmera quando ela foi encontrada”, afirmou o professor de ecologia marinha da universidade Simon Fraser.

O dono da câmera, o artista Paul Burgoune, foi encontrado após suas fotos serem publicadas nas redes sociais. Ele declarou estar impressionado e empolgado em recuperar suas fotos depois de dois anos do naufrágio. “Isso me chocou. Ter a câmera ou as fotos de volta será realmente maravilhoso”, disse.
spacer

Ninguém está contra a seleção, diz Parreira após protesto


No primeiro dia de preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo, nem o técnico Luiz Felipe Scolari, nem o astro Neymar deram as caras.

O coordenador técnico Carlos Alberto Parreira e o auxiliar Flávio Murtosa, foram os nomes designados pela CBF para conversar com os jornalistas e estrear a nova sala de imprensa da Granja Comary, na tarde desta segunda-feira.

Os fiéis escudeiros do técnico Luiz Felipe Scolari se disseram empolgados com o início do trabalho e minimizaram os protestos realizados durante a chegada da delegação ao Rio de Janeiro. “A seleção é um patrimônio cultural e esportivo. Ninguém está contra a seleção”, garantiu Parreira.


spacer

Na abertura do treinamento para o Censo Escolar da Educação Básica, José Melo destaca importância de estatísticas para o planejamento da política educacional

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), iniciou, nesta segunda-feira, 26 de maio, o treinamento de 350 técnicos das redes de educação estadual, municipal e particular dos 62 municípios do Amazonas, que vão realizar o Censo Escolar da Educação Básica 2014. O governador José Melo participou da abertura do encontro, nesta manhã, no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire, bairro Jorge Teixeira, zona leste, e destacou a importância dos dados do censo para a implantação de novas políticas públicas e melhoria do que está sendo executado pelo Estado.


"O Censo vai nos dar as informações para que façamos os planejamentos necessários para a implantação de projetos e políticas educacionais. Mas ele também nos oferece dados pra que a gente faça as correções de rotas necessárias. Às vezes implantamos um programa, mas não sabemos se ele está dando certo ou não e o censo nos ajuda nesse sentido", disse o governador, que chegou ao encontro por volta das 8h30 após fiscalizar o andamento das obras de recuperação da malha viária na zona leste.
Acompanhado do secretário estadual de Educação, Rossiele Soares, e do secretário de Educação da Prefeitura de Manaus, Humberto Michiles, o governador destacou a evolução na utilização de dados estatísticos para subsidiar a implantação de políticas públicas de educação.

Há 30 anos, quanto foi secretário estadual de Educação, disse o governador, as dados estatísticos eram produzidos por um número reduzido de servidores do setor de estatística da Seduc. Com o Censo Escolar, realizado sob a coordenação da Secretaria, o Estado pode contar com a parceria de outros agentes públicos e ampliar a capacidade e a celeridade no levantamento de dados estatísticos.

Os cerca de 350 técnicos que participam do treinamento em Manaus serão multiplicadores nos municípios, levando o treinamento que receberam para outros servidores e possibilitando que o trabalho de coleta dos dados seja realizado de maneira mais rápida e eficiente.  

O secretário Rossiele Soares destacou que a cada ano, graças aos processos de aprimoramento que o Estado tem proporcionado, o Censo Escolar é realizado de maneira mais rápida. Segundo ele, atualmente, a sua base de informações da rede estadual é toda feita dentro do sistema de gestão, no qual a escola e o professor têm acesso e inserem diariamente as informações, facilitando a realização do censo.

Números da educação no Amazonas – Conforme informações do último censo escolar (2013), o Amazonas conta com 1.192.133 estudantes, sendo 493.853 matriculados em escolas da rede estadual e 591.273 em escolas das redes municipais. Do contingente total de alunos, 97.399 estão matriculados em escolas de tempo integral. O último censo revelou também que o Estado conta com 5.541 estabelecimentos de ensino, sendo 692 da rede estadual (incluindo as unidades que oferecem o ensino mediado por tecnologias/Centro de Mídias) e 4.581 das redes municipais de ensino. O Estado conta, conforme o último censo, com 41.202 professores, sendo 15.086 da rede estadual e 25.399 das redes municipais.

Outros investimentos - O governador José Melo ressaltou ainda os investimentos feitos pelo Governo do Estado na área da educação, lembrando que, no início da década de 80, a maior parte dos professores da rede estadual de ensino possuía apenas o ensino médio, ou nunca tinham frequentado algum tipo de curso de magistério, situação bem diferente da atual.
"Nós tínhamos um número extremamente preocupante de 98% dos nossos educadores que lecionavam no ensino médio que não tinham a formação específica para aquela disciplina. Hoje nós oferecemos mais de seis mil bolsas de estudos de especialização para que os professores possam progredir na carreira", ressaltou o governador.

José Melo frisou, ainda, que, além dos investimentos crescentes na área de educação, que este ano tem orçamento de cerca de R$ 1,7 bilhão, o Estado vem trabalhando para ampliar e melhorar a educação superior, com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e a qualificação profissional, por meio do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

José Melo também destacou as recentes conquistas que os trabalhadores da educação alcançaram, com o reajuste salarial de 5,67% que será pago retroativamente a março deste ano, e, a partir de janeiro de 2015, ganho real de 4,33%, além da concessão do vale-alimentação, do vale-transporte e da hora de trabalho pedagógica.  Outro avanço, destacou, foi a decisão, após encontro com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteam), de criar uma comissão paritária, formada por representantes dos vários setores educacionais, para que as próximas discussões envolvendo todos os assuntos referentes à educação sejam discutidos diretamente entre os membros.

O que é o Censo - O Censo Escolar é um levantamento de dados estatístico-educacionais de âmbito nacional realizado todos os anos e coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Regionalmente o censo é coordenado pela Seduc, que é responsável pela coleta de dados junto às redes Municipal, Estadual e, inclusive, particular.
O levantamento é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica, que abrange as suas diferentes etapas e modalidades: ensino regular (educação Infantil e ensinos fundamental e médio), educação especial e educação de jovens e adultos (EJA). Por meio do trabalho, é possível obter dados detalhados sobre estabelecimentos educacionais, matrículas, docentes, movimento e rendimento escolar.

Visita a obras e viagem à Brasília - Mais cedo, antes da abertura do encontro, o governador fiscalizou o andamento das obras de melhoria da malha viária da zona leste, na avenida Itaúba, no bairro Jorge Teixeira, que estão sendo realizadas em parceria com a Prefeitura de Manaus. Ao chegar ao local e encontrar máquinas sem funcionamento, o governador determinou que todas fossem colocadas em uso e afirmou que, caso a situação volte a se repetir, ele tomará medidas mais rígidas, como a aplicação de multas diárias.

José Melo também falou sobre a votação para a prorrogação da Zona
Franca de Manaus, que deve ocorrer na próxima quarta-feira, 28 de maio, já que nesta terça-feira, devem ser votadas as duas Propostas de Emenda Constitucional (PEC) sobre as Áreas de Livre Comércio e a Lei de Informática. "Eu devo viajar amanhã à noite para dar continuidade ao trabalho que iniciamos na semana passada, para a votação da prorrogação da Zona Franca, junto aos deputados, lideranças, presidente da Câmara dos Deputados. E com toda certeza, acontecendo, o Amazonas vai viver momentos muitos melhores que vivemos hoje".

Descrição: https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
FOTOS: ALEX PAZUELLO/AGECOM


spacer

Afeam inicia ação de crédito especial para mototaxistas

O Governo do Estado, por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), inicia, nesta terça-feira, 27 de maio, a ação de crédito especial para a categoria de mototaxistas, que tem como finalidade oferecer financiamento para a compra de motocicletas. A ação visa beneficiar mototaxistas residentes na cidade de Manaus, pertencentes a cooperativas e/ou associações oficiais e que tenham idade mínima de 21 anos.

Para a obtenção do crédito, é necessário ter dois anos de habilitação, histórico de boa conduta no trânsito, comprovação de curso preparatório e ser aprovado por concorrência pública da SMTU/PMM. Já a garantia do financiamento será constituída por alienação fiduciária da motocicleta e aval coletivo de, no mínimo, cinco proponentes.

Essa iniciativa dará condições efetivas para que os profissionais possam desenvolver suas atividades de forma mais eficiente, servindo com maior qualidade e comprometimento à população, além de gerar mais empregos e aumentar a renda econômica do Estado.

Limites e prazos – O limite de crédito será de até R$ 8.500,00 com taxas de juros de 5% ao ano (0,41% ao mês) e bônus de adimplência de 25% (3,75% a.a. – 0,31% a.m.). O prazo para pagamento é de 24 meses sem carência, tendo como condição de acesso a concessão aprovada para permissão de mototaxista, conforme publicada no Diário Oficial do Município de 9 de abril de 2014, cumprindo todas as exigências da Comissão Especial de Licitação Concorrência Pública nº 001/2013.


spacer

Senador Eduardo Braga visita municípios do Baixo Amazonas

O fim de semana do senador Eduardo Braga, presidente regional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) no Amazonas, foi de muito trabalho em municípios do Baixo Amazonas. Braga realizou convenções e encontros municipais do partido nas cidades de Silves, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Urucará e Urucurituba. Em todos realizou edições do projeto "O PMDB ouve você", projeto que está ouvindo os anseios e necessidades da população para elaborar um plano de governo cidadão.
Descontraído, Braga caminhou com o povo em Silves, dançou ao som de Teixeira de Manaus com o grupo da terceira idade de Itapiranga, visitou o polo moveleiro e naval de São Sebastião do Uatumã e foi bem recebido pela população por onde passou.
SILVES
Em Silves, o senador Eduardo Braga caminhou com o povo que aguardava sua chegada. Problemas como iluminação pública, asfaltamento de ruas em bairros como Curuçá e Plínio Coelho, autoescola e subvenção para a renovação de frota para mototaxistas foram algumas das reivindicações dos comunitários que Braga ouviu.
"Vim a Silves para ver de perto como as coisas estão. O que os olhos não veem, o coração não sente", disse o senador Eduardo Braga em seu discurso, aplaudido de pé pelos presentes. "Fico muito triste em ver uma escola que construímos, praticamente abandonada. Triste também em ver o povo precisando de ajuda e de trabalho", afirmou.
ITAPIRANGA
O asfaltamento dos bairros Novo Horizonte e São Francisco, a entrega de 250 casas do projeto "Minha Casa Minha Vida" e a patrulha motorizada para a limpeza de canais foram algumas das boas notícias que o senador Eduardo Braga levou a Itapiranga. "A única forma que eu sei agradecer as pessoas é trabalhando", disse. "Não fora o trabalho que temos para apresentar, não estaríamos aqui em Itapiranga hoje".
Ao lembrar que foi o responsável pelo asfaltamento da Estrada da Várzea, ligação fundamental de Itapiranga com outros municípios e até mesmo com a capital, Braga criticou o modo de agir de alguns políticos. "Esse município é dividido em duas etapas: antes e depois do asfaltamento da estrada. Prometer é fácil. O difícil é fazer. Não prometi asfaltar a Estrada da Várzea, mas hoje ela está lá, asfaltada".
SÃO SEBASTIÃO DO UATUMÃ
Buracos por toda a parte, falta de médicos, atraso no pagamento de professores da rede estadual e falta de escola adequada para o tempo integral foram algumas das reclamações que o senador Eduardo Braga ouviu de lideranças do município de São Sebastião do Uatumã.
Eduardo Braga falou de sua predileção especial pela cidade. "Tenho um carinho enorme por São Sebastião do Uatumã. Chamei uma vez de 'A rosa do Uatumã' porque tem um perfume e um jeito de ser totalmente diferentes". Braga também lembrou as obras existentes na cidade que foram realizadas por ele. "Hoje quando ia chegando aqui, vi a ponte que liga o bairro de São Francisco ao Centro. Lembrei do quanto foi desafiador realizar aquela obra", afirmou.
URUCARÁ
Centenas de pessoas vestidas de vermelho foram recepcionar o senador Eduardo Braga. A acirrada rivalidade política no faz com que seus habitantes se dividam em "nação vermelha" e "nação azul". A atual coligação que reúne PMDB, PT, PTB e PRB em aliança para as próximas eleições no Amazonas adota a cor encarnada em Urucará.
 "Se tem um povo no Amazonas que é corajoso é o povo de Urucará", disse o senador. "Quanto mais eles apertarem, mais o povo de Urucará vai reagir", completou. Eduardo Braga elogiou, como tem feito em todos os municípios por onde tem realizado convenções e encontros do PMDB, os governos de Lula e Dilma. "Muita coisa tem mudado para melhor nesse País. Mas ainda tem muito mais para ser feito porque foram muitos anos em que não fizeram o que era preciso. A Dilma tem sido uma mulher corajosa, é um governo que está olhando para nós amazonenses como brasileiros por inteiro".
URUCURITUBA
Duas mil e duzentas pessoas foram encontrar o senador Eduardo Braga no Clube Agrepo, em Urucurituba, para participar da convenção municipal do PMDB. A líder estudantil Cleonira Lima agradeceu o senador pelo projeto "O PMDB ouve você" e pediu mais condições para que os jovens da cidade estudem com dignidade. "Esse espaço para ouvir a gente demonstra que o senador Eduardo Braga é um político diferente. Isso sim é democracia", disse.
Braga lembrou que R$ 6 milhões foram liberados pelo Governo Federal para a ampliação do muro de contenção do município. E que R$ 250 mil provenientes de emenda parlamentar foram disponibilizados para a construção de uma quadra coberta. "É preciso ouvir o povo. Seus sonhos, anseios e até denúncias", disse o senador.
BALANÇO
O senador Eduardo Braga comemorou o fim de semana de encontro com a população interiorana. "Eu queria primeiro dizer da alegria do encontro com o povo. Da alegria de poder ouvir as reivindicações das diversas lideranças populares. A importância que isso tem para que nós possamos ouvir as demandas de cada uma das localidades. A questão social que está gritando por socorro no interior do Estado. A questão dos arranjos produtivos que estão muito desarticulados e a questão da infraestrutura que tem problema em vários municípios", disse o senador.
"Mas, acima de tudo, é ver a esperança que o povo deposita em um programa que está sendo construído desta maneira para que nós possamos, de forma participativa, fazer uma nova história de desenvolvimento, Justiça, ganhos para a população na educação, na saúde e na segurança pública, com carinho, com atenção. Ver quanto eles estão esperando pelo trabalho da presidenta Dilma, pelo trabalho do Governo do Estado para que nós possamos avançar e melhorar as condições de vida do nosso povo", concluiu.

spacer

Governo do Amazonas apoia turismo comunitário em Reserva de Desenvolvimento Sustentável para a Copa 2014

Com o intuito de oferecer alternativas turísticas para o público que visitar Manaus durante o período da Copa do Mundo 2014, em junho, o Governo do Estado, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), vai apoiar a divulgação de dois novos roteiros turísticos ainda não reconhecidos pelas agências que operam no segmento. Um deles é a comunidade de Tumbiras, localizada no município de Iranduba (a 25 quilômetros de Manaus) e que leva cerca de 1h de barco saindo da Capital. A outra rota é a comunidade Santa Helena do Inglês, também em Iranduba (a cerca de 40 minutos de barco de Manaus). As duas comunidades estão localizadas numa área definida como Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro.

Ambos os roteiros são uma opção que promove o contato com a natureza sem danos ao meio ambiente. Os lugares estão estruturados com hospedagem, alimentação com culinária regional, além de alternativas de lazer como focagem de jacaré, pesca esportiva, trilha na selva e banho de rio.

A proposta de incluir as duas comunidades foi desenhada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), que vendeu a ideia para o Programa das Nações Unidas Para o Meio Ambiente (PNUMA), que desenvolve a campanha "Passaporte Verde", que adotou Manaus como roteiro verde entre as cidades brasileiras que sediarão a Copa no Brasil.

A divulgação do turismo comunitário ganhará força a partir da primeira semana de junho somando esforços dos agentes da Amazonastur, que compartilharão as informações dos roteiros para os operadores de turismo locais e através do web site do órgão www.visitamazonas.am.gov.br. O reforço também terá dimensões internacionais através da campanha 'Passaporte Verde', pelo site www.passaporteverde.gov.br.

Atividades com botos - O roteiro comunitário ainda inclui uma parada no flutuante Recanto do Boto, também em Iranduba. O local já é indicado nos pacotes turísticos vendidos pelas agências de turismo, mas entrou na indicação do turismo sustentável por tratar de forma exemplar da atividade com os botos.

De acordo com a coordenadora de projetos técnicos da FAS, Michelle Costa, a premissa para incluir essas comunidades como alternativa turística ganhou apoio do Governo do Estado principalmente por valorizar e desenvolver esses locais de forma sustentável e promover o lucro coletivo.

"O Turismo nessas áreas beneficia a comunidade inteira que se preparou coletivamente para receber o turista", disse Michelle ao fazer menção aos cursos de capacitação, aprimoramento de artesanato e manejo florestal ofertados para os membros da comunidade. Os cursos tem parceria da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e, principalmente, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS).

Qualidade de vida - Um exemplo desse ganho coletivo está na mudança de vida do líder da comunidade Tumbira, Roberto de Mendonça, 39, que atualmente é dono da pousada Garrido, que tem capacidade para receber até 20 turistas para pernoite. Mendonça vivia, há pouco mais de dois anos, da extração ilegal de madeira. Depois de ser quase preso ele buscou no turismo sustentável uma nova forma de manter a família.

"Desde pequeno só conhecia um meio de sobrevivência que era pela extração da madeira. Agora minha qualidade de vida é outra", disse o comunitário, enfatizando que as trilhas abertas antigamente para a extração da madeira agora serão utilizadas para visitação do turista.

Na comunidade Santa Helena do Inglês, as expectativas são grandes para a Copa. Com investimento de R$ 100 mil arrecadado pelas 70 famílias da área, através do pagamento do Bolsa Floresta, eles conseguiram construir uma pousada com oito quartos e capacidade para 32 pessoas em pernoite. "Foi um esforço coletivo onde todos os comunitários ajudaram para erguer a pousada", lembrou o pescador.

Custos - As duas comunidades demandam um acesso por meio de barco. Na comunidade Tumbira, o translado conta com uma lancha própria com capacidade para 14 pessoas por viagem. O preço chega a R$ 100 por pessoa. Três noites na comunidade custa em média R$ 800 por pessoa, incluindo alimentação e as atividades de lazer.

Na comunidade Santa Helena do Inglês, o translado fica por conta do cliente, que tem alternativa de fretar uma lancha no porto da Manaus Moderna ou porto do São Raimundo, em Manaus. Os preços de hospedagem e alimentação são semelhantes ao da comunidade Tumbiras.
CRÉDITO DAS FOTOS: ALEX PAZUELLO/AGECOM



-

spacer

Senador Eduardo Braga é recepcionado pela “nação vermelha” em Urucará

Centenas de pessoas vestidas de vermelho foram recepcionar o senador Eduardo Braga, presidente regional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), neste sábado (24/05), em Urucará. A acirrada rivalidade política no município do Baixo Amazonas faz com que seus habitantes se dividam em "nação vermelha" e "nação azul". A atual coligação que reúne PMDB, PT, PTB e PRB em aliança para as próximas eleições no Amazonas adota a cor encarnada em Urucará.

"Se tem um povo no Amazonas que é corajoso é o povo de Urucará", disse o senador. "Quanto mais eles apertarem, mais o povo de Urucará vai reagir", completou. Ao lembrar que foi apresentado ao município por intermédio de Pedro Falabela, que já foi prefeito da cidade cinco vezes, Braga elogiou a popularidade que o político ainda goza entre o povo. "Feliz o político que, após cinco vezes prefeito de um município, o povo sente saudade e aplaude pedindo a sua volta".

Criticando a atuação política que repudia e que se recusa a exercer, o senador Eduardo Braga afirmou que sempre foi contra atitudes que enganam a população. "Fui governador por oito anos e nunca aceitei inaugurar pedra fundamental. O que o povo quer não é pedra fundamental. O povo quer é obra, justiça, carinho, atuação", disse. "O povo não quer ser enganado com promessas que não acontecem. E que quando acontecem, começam e param", continuou. E arrematou: "O poder tem que ser exercido para fazer o bem. Não para perseguir as pessoas ou tirar vantagem de um povo humilde como o de Urucará".

Eduardo Braga elogiou, como tem feito em todos os municípios por onde tem realizado convenções e encontros do PMDB, os governos de Lula e Dilma. "Muita coisa tem mudado para melhor nesse País. Mas ainda tem muito mais para ser feito porque foram muitos anos em que não fizeram o que era preciso. A Dilma tem sido uma mulher corajosa, é um governo que está olhando para nós amazonenses como brasileiros por inteiro".


spacer

Eduardo Braga ouve reivindicações de São Sebastião do Uatumã

Buracos por toda a parte, falta de médicos, atraso no pagamento de professores da rede estadual e falta de escola adequada para o tempo integral foram algumas das reclamações que o senador Eduardo Braga, presidente regional do Partido da Mobilização Democrática Brasileira (PMDB), ouviu de lideranças do município de São Sebastião do Uatumã neste sábado (24/05), durante a realização de mais uma edição do projeto "O PMDB ouve você", na convenção municipal do partido na cidade do Baixo Amazonas.

Destinado a elaborar um plano de governo que reflita os anseios da população, o projeto deu vez também para que taxistas e professores reivindicassem assessoria jurídica para a regularização de suas respectivas associação e sindicato. O asfaltamento do trecho da Estrada da Várzea que liga Itapiranga a São Sebastião do Uatumã também foi uma das reclamações dos moradores.

O senador Eduardo Braga falou de sua predileção especial pela cidade. "Tenho um carinho enorme por São Sebastião do Uatumã. Chamei uma vez de 'A rosa do Uatumã' porque tem um perfume e um jeito de ser totalmente diferentes". Braga também lembrou as obras existentes na cidade que foram realizadas por ele. "Hoje quando ia chegando aqui, vi a ponte que liga o bairro de São Francisco ao Centro. Lembrei do quanto foi desafiador realizar aquela obra", afirmou.

Eduardo Braga também questionou a ausência de obras financiadas pelo Governo Federal no município. "A Dilma está dando dinheiro para construir creches em todos os municípios do Brasil. Se não estão construindo aqui ou é porque o prefeito não quer ou porque não sabe", disse. "A mesma coisa que tem em relação a creches, tem em relação a Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a escolas nas comunidades. Em Itapiranga, o programa Escola no Campo está construindo quatro unidades nas comunidades", informou.

Após a convenção do partido, o senador visitou o Polo Moveleiro e Naval da cidade e gostou do que viu. "Esse é o tipo de modelo que eu tenho convicção que dá certo. Vocês ganharam um admirador e um apoiador", garantiu.


spacer

Programação em Coari alerta sobre as doenças hipertensão e diabetes


Cerca de 80 idosos serão beneficiados em Coari, a 363 quilômetros de Manaus, com o Híper Manhã Feliz, que é um evento realizado pela Secretaria Municipal de Saúde para alertar essas pessoas sobre os riscos das doenças diabetes e hipertensão.  O encontro será das 8 às 11 horas, no Ginásio Poliesportivo São José, na Rua Independência, sem número, Centro.  Está na programação diversas atividades, como uma ginástica laboral, com um educador físico, café da manhã e diversas palestras e orientações com acadêmicos da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), dos cursos de  nutrição, fisioterapia e enfermagem.  A principal palestra é a ‘Prevenção e Controle da Hípertensão e Diabetes’, com o médico geriatra Rogério Loredo.

Para o enfermeiro e organizador, Jores Moura, é importante os idosos receberem esclarecimentos de como controlar essas doenças crônicas, que não tem cura, mas os pacientes podem melhorar a qualidade de vida, com uma alimentação adequada, atividade física e acompanhamento médico, para utilizar os medicamentos adequados. “ Se a pessoa não controla, a situação pode se agravar, gerando outros problemas, como infarto, AVC ou, até mesmo, amputação de membros”, disse ele lembrando que esses idosos são tem acompanhamento na Unidade Básica de Saúde Maria Fernandes Dantas, que fica no Centro, que atendem pacientes a partir de 60 anos, das zonas urbana e rural. “Essa interação social é fundamental para esses pacientes”, conclui.

Outros serviços

O Senac vai dispor de vários profissionais da área da beleza, com serviços grátis de cortes de cabelos, maquiagem, escova e chapinha.  Acadêmicos da Ufam vão expor vários painéis, com alertas importantes de como se prevenir e controlar a hipertensão e diabetes.


spacer

Governador José Melo entrega Estádio Carlos Zamith

O governador do Amazonas, José Melo, fez, na manhã deste sábado, dia 24 de maio, a entrega simbólica do Estádio Carlos Zamith, no bairro Coroado, zona leste, com apresentação à população, através da imprensa, do mais novo espaço destinado ao futebol amazonense. Por questões contratuais com a FIFA, o Governo do Amazonas cancelou a partida entre Nacional x Rio Negro, pelo Campeonato Estadual de Juniores que deveria acontecer na noite deste sábado, no Carlos Zamith.
Construído para ser um dos Campos Oficiais de Treinamento (COT) para as seleções que irão disputar a Copa do Mundo 2014 em Manaus, o estádio tem capacidade para 5 mil pessoas. A obra custou cerca de R$ 15 milhões e, segundo o governador, ficará como um dos legados da Copa para o futebol local.
"Essa, sim, é uma herança importante da Copa, olhando a nossa juventude. Aqui pode ser a usina formadora daquilo que a gente sonha para o futebol amazonense. Aqui, vamos poder treinar os jovens talentos que vão formar os times principais", observou o governador, ao ressaltar que, junto com o Estádio da Colina, no São Raimundo, zona oeste, que foi reconstruído pelo Governo do Amazonas também para servir de COT, o estádio do Coroado será utilizado para as partidas de futebol do Campeonato Amazonense, com público pequeno, que não poderão ser disputada na Arena da Amazônia, onde os custos operacionais são mais altos.
O estádio Carlos Zamith será integrado à estrutura da Fundação Vila Olímpica, que segundo o governador, assim como a Secretaria Estadual de Juventude Esporte e Lazer (Sejel), passa a ser comandada por técnicos.  José Melo nomeou o técnico de natação, Aly Almeida, que já integrou a comissão técnica de seleções brasileiras em duas Olimpíadas e dois Pan-Americanos e foi responsável pela formação de uma das melhores gerações de talentos da natação amazonense.
Para a Sejel, foi nomeado o médico ortopedista Antônio Eduardo Ditzel, que também atua na área esportiva ligada à formação de talentos.  Desde  2002, Ditzel integra a comissão técnica das delegações amazonenses em competições nacionais estudantis, como Jogos da Juventude e Olimpíadas Escolares.
Legados da Copa – Além do legado dos estádios, o governador também citou outras heranças importantes que a Copa do Mundo deixará a exemplo do Centro Integrado de Comando e Controle, assim como toda a parte de treinamento e a experiência de grandes operações de segurança preparadas para o evento. Segundo José Melo, mais de R$ 78 milhões foram investidos em estrutura física e novas tecnologias. "Fizemos isso olhando a Copa, mas também a segurança da população como um todo. Aquele centro de controle vai permitir que dali se possa monitorar 80% da cidade em tempo real através de sistemas de câmera". 
Ainda segundo o governador, o CICC poderá contar com o suporte de quatro carretas equipadas com equipamentos de monitoramento que poderão ser colocadas em pontos estratégicos da Cidade de Manaus e de lá visualizar tudo o que está acontecendo ao redor. 
José Melo também ressaltou a importância da realização do Mundial de Futebol para o turismo. "Na minha avaliação, o legado mais importante é o fato de que agora o mundo vai conhecer um Amazonas que ele não conhece, aliás, nem o Brasil conhece direito o nosso Estado. Um Amazonas, dos rios, das florestas, de um povo encantador", destacou o governador, ao reforçar que a Copa pode motivar grandes investidores do ramo a criar uma estrutura turística nos moldes do que foi feito na Costa Rica, com o turismo de selva, contemplativo e de pesca.
"Eu acho que ainda podemos citar como legados as estruturas no entorno da arena, onde tivemos que fazer investimentos no Sambódromo, na Vila Olímpica e na construção de um grande Centro de Convenções. Portanto, hoje o Amazonas terá um grande complexo esportivo, cultural e de negócios. Para isso, contratamos uma empresa para fazer um estudo de mercado mundial para nos orientar o destino desse complexo no pós-Copa, para não só abater nos custos mas também repor os investimentos feitos", concluiu José Melo.







CRÉDITO DAS FOTOS: ROBERTO CARLOS/AGECOM













spacer

Senador Eduardo Braga leva boas notícias a Itapiranga

O asfaltamento dos bairros Novo Horizonte e São Francisco, a entrega de 250 casas do projeto "Minha Casa Minha Vida" e a patrulha motorizada para a limpeza de canais foram algumas das boas notícias que o senador Eduardo Braga levou a Itapiranga, nesta sexta-feira (23/05), quando realizou o 1º Encontro Municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Presidente regional da legenda, o senador assistiu à apresentação do grupo de Mulheres Filadelfia com cânticos de louvor na abertura do evento.
Durante a realização de mais uma edição do projeto "O PMDB ouve você", que tem ouvido lideranças no interior e na capital para a elaboração de um plano de governo que contemple as reais necessidades da população, o senador pôde se inteirar melhor das reivindicações dos moradores de Itapiranga. Um grupo da terceira Idade pediu um centro de convivência. Os desportistas disseram que acalentam o sonho de um estádio gramado há mais de 50 anos. O representante da juventude disse que almeja um liceu de artes no município. Muitos, entretanto, apenas agradeceram as boas novas trazidas pelo senador.
Após ouvir atentamente os anseios da população e assistir a uma apresentação do boi-bumbá mirim Corajoso, o senador Eduardo Braga agradeceu a acolhida de Itapiranga bem a seu modo. "A única forma que eu sei agradecer as pessoas é trabalhando", disse. "Não fora o trabalho que temos para apresentar, não estaríamos aqui em Itapiranga hoje".
Ao lembrar que foi o responsável pelo asfaltamento da Estrada da Várzea, ligação fundamental de Itapiranga com outros municípios e até mesmo com a capital, Braga criticou o modo de agir de alguns políticos. "Esse município é dividido em duas etapas: antes e depois do asfaltamento da estrada. Prometer é fácil. O difícil é fazer. Não prometi asfaltar a Estrada da Várzea, mas hoje ela está lá, asfaltada".
E como sempre lembra em seus discursos, a manutenção do que está feito e os avanços além do que já foi conquistado também foram cobrados por Eduardo Braga. "Carro novo, geladeira nova, tudo novo, se não tiver manutenção se acaba. Se não fazem é porque não querem ou não sabem fazer. Agora que a estrada já está asfaltada, é preciso tirar os ramais da lama", afirmou.
Eduardo Braga ressaltou também os investimentos do Governo Federal no interior do Amazonas. "Antes da presidenta Dilma, nós não tínhamos direito de sonhar com creche no interior do Amazonas. Hoje as creches estão se tornando realidade. Quando foi que, antes dos governos de Lula e Dilma, o Governo Federal deu dinheiro para a construção de UBSs no interior? Hoje, só aqui em Itapiranga estão sendo construídas três UBSs", disse. E arrematou: "Hoje, estão olhando para nós amazonenses como brasileiros por inteiro. E não estão nos discriminando como aqueles paulistas faziam", disse.
spacer

Governador José Melo inaugura estádio do Coroado neste sábado e a Colina dia 31 de maio

Com um jogo entre as equipes de juniores do Nacional x Rio Negro,   o governador do Amazonas, José Melo, inaugura neste sábado, dia 24 de maio, o estádio Carlos Zamith, no bairro Coroado, zona leste. A partida acontece às 19h e a entrada é um quilo de alimento não perecível, que deve ser trocado, impreterivelmente, no período das 9h às 15h, na bilheteria do estádio. 

"As pessoas que, assim como eu, vão lá para ver o belo estádio ser inaugurado, terão que levar um quilo de alimento não perecível, que serão doados a instituições que ajudam o governo na área social, portanto quero convidar a todos para a inauguração", afirmou José Melo. Os alimentos serão entregues às instituições pelo Fundo de Promoção Social (FPS), sob a gestão da primeira-dama do Estado, Edilene Oliveira.

Na manhã desta sexta-feira (23), ao acompanhar os últimos retoques do novo estádio, construído para ser um dos Campos Oficiais de Treinamento (COT) das seleções que irão disputar os jogos da Copa 2014 em Manaus, o governador anunciou que o outro COT, o estádio Ismael Benigno (Colina), na zona oeste, será inaugurado dia 31 de maio, com o clássico Galo-Preto (São Raimundo x Sulamérica). "Lá também está praticamente pronto. Se tivéssemos de inaugurar depois de amanhã estaria pronto, mas vamos fazê-lo mais pra frente".

José Melo ainda fiscalizou a obra do Centro Integrado de Comando e Controle de Segurança (CICC), que recebe acabamentos finais, além de equipamentos e mobília e anunciou que o novo centro de monitoramento de segurança será entregue à população dia 30 de maio.

Legados da Copa – Segundo o governador, os dois estádios, assim como a Arena da Amazônia e o CICC, estão entre os legados da Copa que ficarão para a população do Amazonas, cada um com sua importância. "Esses estádios menores aqui serão importantes, porque eles vêm atender aquela parte do futebol que uma arena enorme como a Arena da Amazônia não pode atender", disse Melo.

O governador também citou o Centro Integrado de Comando e Controle como uma importante herança que ficará para a população, assim como toda a parte de treinamento e a experiência de grandes operações de segurança preparadas para o evento. "É uma herança fantástica, pois está ancorando tecnologia que vai poder visualizar, à distancia, a cidade de Manaus. "Imagine um policial  na viatura receber a informação instantânea de que à direita dele, a 15 metros, alguém está assaltando uma senhora idosa. Ou então, ser informado de que esta pessoa está armada ou que entrou no beco", exemplificou José Melo, para ilustrar o nível de precisão do novo centro de monitoramento construído para Manaus.

Ainda segundo o governador, o CICC poderá contar com o suporte de quatro carretas equipadas com equipamentos de monitoramento que poderão serão colocadas em pontos estratégicos da Cidade de Manaus e de lá visualizar tudo o que está acontecendo ao redor.

José Melo também ressaltou a importância da realização do Mundial de Futebol para o turismo da cidade. "Outra herança é para o turismo. O mundo vai ver quão belo é o Amazonas, quão belo são os nossos rios, quanta floresta preservada nos temos e, a partir daí, com toda a certeza, virão grandes investimentos para criar na cidade de Manaus um destino do turismo de selva de natureza e da pesca esportiva".

Fiscal de obras – Ao visitar as obras do novo COT e do CICC, o governador voltou a ressaltar a importância de se colocar como fiscal das obras do Governo do Estado. Uma de suas rotinas diárias, antes de iniciar seus despachos na sede do Governo, é visitar as obras na cidade. "Foram obras que eu visitei há 15 dias, fiscalizei e dei ordens de que queria prontas e a coisa andou".












FOTOS - ALEX PAZUELLO E VALDO LEÃO

spacer

Palco Giratório do Sesc promove a peça teatral "Uma Flor de Dama"

Neste domingo, dia 25, às 19:00h, no Café Teatro, o Sesc, através do Projeto Palco Giratório, promove o espetáculo "Uma Flor de Dama" do grupo teatral cearense "Coletivo As Travestidas". A entrada é gratuita.

A peça aborda uma noite na vida de uma travesti. Momento em que entra no camarim e se prepara para fazer um show até ir às ruas prostituir-se. No fim da noite, sentada no bar tomando a última e quente cerveja, fala sobre sua vida, suas escolhas, seus amores, seus desejos, seu ódio. A vida dessa personagem, criada a partir de um pesquisa de campo, traz à cena questões como HIV, política, preconceito, e, especialmente, as escolhas que a vida nos oferece.
A atuação, texto e direção são de Silvero Pereira, graduado em Artes Cênicas pelo IFCE, Instituto Federal de Educação do Ceará. O ator e diretor realiza desde 2002 sua pesquisa sobre travestilidade nas artes e o teatro como instrumento de transformação social. 
A duração da peça é de 50 minutos e a classificação etária é de 18 anos.
O Café Teatro fica localizado na avenida 7 de setembro, 377, Centro.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (92) 21269587.

spacer

Governador José Melo determina troca imediata de transformador da Escola Sólon de Lucena e anuncia que vai ampliar FCecon

Em visita à Escola Estadual Sólon de Lucena, na manhã desta quinta-feira, dia 22 de maio, o governador do Amazonas, José Melo, determinou a realização de obras emergenciais na estrutura elétrica e hidráulica da escola e a troca imediata do transformador da estação de energia que alimenta a rede elétrica local. O equipamento sofreu uma sobrecarga e comprometeu o funcionamento do sistema de refrigeração das salas de aula, provocando a interrupção das atividades em um pavilhão na tarde de quarta-feira (21). Ainda pela manhã, José Melo fiscalizou a obra de implantação do acelerador linear da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) e disse que vai ampliar a unidade.

Os reparos emergenciais na Escola Sólon de Lucena, segundo o governador, serão realizados a partir da tarde desta quinta-feira para a solução do problema elétrico nesta sexta-feira (23) e a retomada das atividades dos alunos afetados pelo problema na segunda-feira (26 de maio). Será providenciada a troca provisória do transformador até a chegada do equipamento permanente que, segundo a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) acontecerá num prazo de 20 dias.

"Vamos fazer duas ações, uma imediata e outra para recuperar toda a parte elétrica e hidráulica da escola, além de reparos de telhado e banheiros", disse o governador em reunião com o corpo docente da escola. José Melo também conversou com estudantes sobre a situação da escola e garantiu empenho pessoal na realização de melhorias no ambiente.

Localizada na avenida Constatino Nery, zona centro-sul, a  escola Sólon de Lucena possui cerca de 3 mil estudantes de Ensino Médio, nos três turnos escolares, sendo considerada uma das mais tradicionais do Amazonas. Foi afetado com a pane elétrica um dos pavilhões da escola onde estudam as turmas do 1º ano do Ensino Médio.

Visita a obras – Antes de ir ao Sólon de Lucena, o governador José Melo fiscalizou as obras da Escola Estadual Petrônio Portela, que está sendo reconstruída no modelo de Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) e da FCecon, no Dom Pedro II, zona centro-oeste, rotina que tem procurado repetir diariamente, antes de despachar na sede do Governo do Amazonas e cumprir a agenda de compromissos. As duas obras já haviam sido fiscalizadas por Melo no dia 25 de abril, ocasião em que ele pediu mais ritmo. "Eu gosto de fiscalizar as minhas obras. Eu boto pressão, porque eu quero que a obra tenha o ritmo que o caso requer", disse o governador.

Na Fcecon, está sendo feita uma Casamata, estrutura reforçada de concreto que vai abrigar o acelerador linear, equipamento utilizado na realização de tratamento radiológico contra o câncer.  "É um equipamento que vai possibilitar fazer de forma mais célere e com uma maior capacidade resolutiva o tratamento de radioterapia. São dois aceleradores, um a ser entregue no final de agosto e outro a ser instado logo em seguida", disse José Melo.

O governador afirmou, ainda, estar planejando construir mais dois andares no local onde hoje está o estacionamento da FCecon, que será subterrâneo. "Com isso vamos aumentar a capacidade de radio e quimioterapia, o atendimento ambulatorial e de cirurgias. Aí sim, vamos ter um Cecon com uma capacidade muito maior de resolutividade", afirmou José Melo.


FOTOS - ALEX PAZUELLO /AGECOM




spacer