Plenário do Senado aprova projeto da meia-entrada

Senadores aprovaram, nesta quarta-feira (04), o substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto de lei do Senado (PLS) 188/2007, que regulamenta o benefício da meia-entrada em salas de cinema, cineclubes, teatros, espetáculos musicais e circenses, eventos educativos, esportivos, de lazer e entretenimento, em todo o território nacional. A matéria segue para sanção presidencial.


O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB/AM), orientou a base para aprovação do projeto, com destaque de votação em separado, para que a matéria não prejudicasse o benefício já previsto no Estatuto do Idoso para pessoas com 60 anos ou mais de idade. Dessa forma, os parlamentares suprimiram trecho da matéria para manter a garantia do benefício da meia-entrada já existente no Estatuto.


"Essa é uma matéria muito importante, que todos nós concordamos com seu teor, mas para que não haja prejuízo aos idosos e para que possamos aqui aprovar a lei da meia-entrada, faço a proposta de fazermos a supressão da frase 'pessoas com idade igual ou superior a 60 anos' e aprovar esse texto", explicou Braga.


De acordo com o projeto, relatado pelo senador Vital do Rêgo (PMDB/PB), terão direito à meia-entrada estudantes, pessoas com deficiência e jovens de baixa renda entre 15 e 29 anos. A concessão da meia-entrada é assegurada para 40% dos ingressos disponíveis e não se aplica aos eventos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ANTES DE ROUBAR COMÉRCIO FORAM PRESOS EM COARI

ELE APONTAVA ARMA NA CABEÇA DE CRIANÇAS PARA CONSEGUIR O QUE QUERIA NOS ASSALTOS QUE FAZIA

DE COARI, EM MANAUS ELE MATOU OS PATRÕES À MACHADADAS