Header Ads

Prefeito de Coari e reitora da Ufam definem passos para implantação do curso de Medicina no município

A Prefeitura de Coari doará um terreno à Universidade Federal do Amazonas (Ufam) para a construção da sede da primeira faculdade de Medicina no interior do Estado, que será implantada no município a 363 quilômetros de Manaus. O anúncio foi feito pelo prefeito de Coari, Adail Pinheiro, no final da tarde de ontem, durante reunião realizada com a reitora da Ufam, a professora doutora Márcia Perales e professores universitários membros da comissão instalada para administrar a implantação do curso, além de membros da diretoria da Ufam e do secretário municipal de Saúde de Coari, João Luiz Lessa.


O encontro, ocorrido na reitoria da Ufam, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, foi o primeiro realizado entre a instituição federal de ensino e a Prefeitura de Coari e teve como objetivo definir os passos para a implantação do curso de Medicina no município, previsto para iniciar em 2015.


De acordo com a reitora, a proposta já foi aprovada em conselho e levou em conta fortes candidatos como os municípios de Tabatinga e Parintins. "O processo já está sob a responsabilidade de uma comissão de implantação do curso e o Ministério da Educação (MEC) aguarda o resultado dos últimos procedimentos para o início da construção do pŕedio de quatro andares que abrigará o curso e cujo recurso já está liberado", informou Márcia Perales.


Um dos membros da Comissão, professor Luis Fernando, explicou que a equipe esteve em Coari, há cerca de dois meses, para avaliar as condições existentes na cidade. Segundo ele, a implantação de um curso de Medicina no interior sempre foi um sonho da Ufam, que agora poderá ser realizado. "Na nossa avaliação, Coari nos pareceu uma ótima opção no que se refere a estrutura e todos vão lucrar com a implatação deste curso, tanto o estudante como a população em geral. Coari terá um suporte de pessoas de diversos níveis de formação e assistência que nenhum outro município tem ", detalhou.


De acordo com o prefeito, na próxima semana os professores membros da comissão devem voltar a Coari para definir o terreno que será doado à Ufam. A obra está prevista para ser iniciada no próximo ano. A Prefeitura de Coari também deve auxiliar na complementação da renda dos professores universitários, que hoje, segundo a reitora, têm renda média mensal de R$ 2 mil instituída pelo MEC. "A Prefeitura está à disposição para o que a universidade necessitar no sentido de implantar este projeto grandioso. Vamos acionar a Câmara Municipal para trabalhar conosco e aprovarmos os projetos de Lei que forem necessários para que essa estrutura seja pernamente, assim como os inúmeros benefícios deste projeto ao povo de Coari. Isso não é um projeto do profeito ou da Câmara, mas sim do povo do Amazonas", finalizou Adail Pinheiro.

Fotos: Suzana Melo



Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.